O Corearte, tradicional festival internacional de corais tem inicio nesta segunda, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Vozes que se encontram13/11/2017 | 06h00Atualizada em 13/11/2017 | 09h45

O Corearte, tradicional festival internacional de corais tem inicio nesta segunda, em Caxias

Este ano, Caxias do Sul será a cidade sede do evento

O Corearte, tradicional festival internacional de corais tem inicio nesta segunda, em Caxias Corearte/Divulgação
Foto: Corearte / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Troca é a palavra que resume o Festival Internacional Corearte, que acontece em várias cidades do Estado a partir de hoje e se estende até 19 de novembro. Música, intercâmbio e visitas turísticas são os ingredientes que marcam o festival, criado há 11 anos em Barcelona. A primeira edição realizada no Brasil ocorreu em 2014, encabeçada por organizadores de diferentes cidades. Este ano, Caxias do Sul voltará a ser a cidade sede do evento, que também promove concertos nas cidades de Gramado e Nova Petrópolis. 

Além das apresentações, o festival oferece oficinas dirigidas aos coros, montadas a partir de famosas peças brasileiras e da genialidade dos maestros Pablo e Federico Trindade. Para Carlos Sesca, diretor geral do Corearte, o principal objetivo é o convívio entre os grupos:

– Nós fizemos o Corearte em diferentes locais e buscamos sempre uma semana de experiência coletiva. A troca é maravilhosa e indispensável aos coros. Temos grupos de Santa Catarina, argentinos, caxienses, então são diferentes vivências em diferentes cidades. 

Os concertos, realizados diariamente, são uma oportunidade para cada participante mostrar seu repertório e valorizar o trabalho que vem sendo feito por seus regentes. Além dos clássicos, o intercâmbio de culturas também ocorre na música, com cada coral trazendo em sua apresentação a música típica de cada região. Assim, o público também realiza diversos encontros com o “outro” em uma viagem cultural através de músicas de todo o mundo.

– É um encontro muito singular – aponta Carlos.

Este ano, um coral internacional, da Argentina, participa da programação gratuita ao lado de outros oito grupos vocais do Rio Grande do Sul. Com espetáculos gratuitos, a integração com a comunidade local é um dos principais objetivos do Corearte. Além de hoje, também ocorre apresentações no dia 15, em Gramado, no dia 16, novamente em Caxias, no dia 17, em Nova Petrópolis, e no dia 19, com encerramento em Caxias.

Coros participantes:

Coro de Tramontina - Brasil
Coro Polifónico Aonikenk - Argentina
Meninas Cantoras de Nova Petrópolis - Brasil
Grupo UPA - Brasil
Coro Juvenil do Moinho UCS - Brasil
Coral Vozes de Outono - Brasil
Coro dos Canarinhos de Carlos Barbosa - Brasil
Coro Florescer - Brasil
Meninas Cantoras de Bom Principio - Brasil

PROGRAME-SE

O quê: Concerto de abertura com o Coro da Tramontina, de Caxias do Sul, e os Coros Corearte.

Onde: Centro de Cultura Ordovás (Luiz Antunes, 312).

Quando: hoje, às 20h.

Quanto: entrada gratuita.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

15 de Novembro – Gramado

O quê: Coros Corearte e convidados.
Onde: Igreja Matriz de São Pedro (Av. Borges de Medeiros, 2659).
Quando: às 19h30min.
Quanto: entrada gratuita. 

Dia 16 de novembro –Caxias do Sul

O quê: Coros Corearte e convidados
Onde: Igreja dos Capuchinos (Rua General Sampaio, 161).
Quando: às 17h.
Quanto: entrada gratuita.

Dia 17 de novembro – Nova Petrópolis

O quê: Coros Corearte.
Onde: Centro de Eventos de Nova Petrópolis (Rua Padre Affonso Theobald, 1700).
Quando: às 20h.
Quanto: entrada gratuita.

Dia 19 novembro - Caxias do Sul

O quê: Concerto de Encerramento do Corearte Brasil 2017, Coros Corearte e convidados. Onde: Igreja PIO X (R. Marcos Moreschi, 497).
Quando: às 19h.
Quanto: entrada gratuita.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros