Frei Jaime: Nem tudo é fácil - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Opinião15/11/2017 | 08h44Atualizada em 15/11/2017 | 08h44

Frei Jaime: Nem tudo é fácil

A preferência por aquilo que é mais fácil tem acompanhado a trajetória de muitas pessoas.

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

O ser humano está sempre em busca de algo. É comum ver o que os outros têm e querer também. O sacrifício faz parte das conquistas. Nem tudo é fácil. Quanto planejamento, quantas economias para adquirir algo ou para realizar um sonho. Porém, uma grande maioria tem dificuldade de abandonar o comodismo.

"Muitos querem aquilo que você tem, mas vão desistir quando souberem o preço que você pagou."

A preferência por aquilo que é mais fácil tem acompanhado a trajetória de muitas pessoas. Não se trata de abraçar o sofrimento, nem o sacrifício. Acontece que algumas coisas possuem um grau maior de exigência. A dedicação deve ser incansável, a persistência infalível. 

O que realmente tem valor não é conquistado com facilidade e nem em curto prazo de tempo. O caminho percorrido, as energias utilizadas, a superação dos próprios limites e da tentação de desistir: é isso que agrega um grandioso valor às conquistas da vida. 

Os que simplesmente veem o resultado final, dificilmente conseguem deduzir o esforço empreendido. Não são poucos os que desistem no primeiro obstáculo, pois não sabem lidar com dificuldades, com exigências. Quem escolhe o que é mais fácil, dificilmente se encontra com a realização, com a satisfação e com a empolgação. A vida é mais ou menos assim para todos. Não basta admirar-se com as conquistas dos outros e até sentir inveja. 

É necessário colocar-se no lugar daquelas pessoas e levar em conta o caminho que percorreram para chegar ao alcance da meta. Há um preço elevado para cada coisa, para cada conquista. Mas ‘tudo vale a pena, quando a alma não é pequena’. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros