Jaque Pauletti mostra desenhos na miniexposição "Fluxo", em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Artes plásticas31/10/2017 | 09h00Atualizada em 31/10/2017 | 09h00

Jaque Pauletti mostra desenhos na miniexposição "Fluxo", em Caxias do Sul

Abertura da mostra será às 19h desta terça-feira, no Mocca Café

Jaque Pauletti mostra desenhos na miniexposição "Fluxo", em Caxias do Sul Diogo Sallaberry/Agencia RBS
43 obras, feitas em lápis de cor a partir de observações na praia, poderão ser conferidas até o dia 26 de novembro Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

— Desde pequena, Jaque Pauletti aprendeu com o pai, o ex-reitor da UCS Ruy Pauletti (1936-2012), a importância de contemplar, de prestar atenção ao seu entorno. E foi da contemplação que nasceram as 43 obras que integram a miniexposição Fluxo, que abre hoje no Mocca Café, em Caxias do Sul.

— Durante 43 dias, trabalhei com um desenho por dia, num mesmo lugar e hora, na beira-mar, em Florianópolis. O desenho devia expressar minha sensação naquele momento — conta Jaque.

Produzidos com materiais simples — lápis de cor e folhas de tamanho A4 —, os desenhos contam uma espécie de história, relatando o efeito causado na artista pelo ambiente e as mudanças de percepção com o passar dos dias. Daí deriva o nome da mostra:

— É um mergulho dentro de mim mesma, o resultado da percepção do entorno.

Leia também:
Imagens mostram abordagem da Guarda Municipal a bailarino em Caxias do Sul
3por4: Conheça os premiados da 5ª edição do CineSerra
Pedro Guerra: 50-50

Além da mostra, o mergulho de Jaque resultou em um livro, Fluxo: Diário Visual de Férteis e Redondas Vontades (Quatrilho,120págs., R$ 79,90), já apresentado durante a 33ª Feira do Livro de Caxias e cujo lançamento oficial será no próximo dia 10. Publicado via Financiarte, nele estão reunidos os desenhos e, também, um texto que transpõe em palavras a história contada pelo conjunto da obra.

Sobre seu processo criativo, a artista o define como "foco relaxado":

— É um estado de relaxamento, quase como se eu meditasse, mas com foco em algo específico. O trabalho todo expressa esses momentos de pura concentração no que ocorria ao meu redor — diz.

Os desenhos foram produzidos durante uma temporada na capital catarinense, no verão 2015/2016. A curadora da mostra, Mona Carvalho, explica que a miniexposição tem o intuito de aproximar a arte das pessoas em locais do cotidiano. As obras poderão ser conferidas até o dia 26 de novembro, no horário de atendimento do café, de segunda a sábado, das 8h às 20h.

O lançamento do livro que complementa a mostra será no dia 10 de novembro, às 18h30min, na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570).

Mostra Fluxo, de Jaque Pauletti
Trabalhos também resultaram num livro, que será lançado no dia 10 de novembroFoto: Jaque Pauletti / reprodução

Agende-se

- O que: miniexposição Fluxo, de Jaque Pauletti.

- Quando: abertura hoje, às 19h; visitação até 26 de novembro, de segunda a sábado, das 8h às 20h.

- Onde: no Mocca Café W Tower (Rua Alfredo Chaves, 1.208).

- Quanto: entrada franca.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros