Prestes a lançar primeiro álbum ao vivo, Cachorro Grande é atração em Caxias do Sul no fim de semana - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Rock15/09/2017 | 11h35Atualizada em 15/09/2017 | 14h00

Prestes a lançar primeiro álbum ao vivo, Cachorro Grande é atração em Caxias do Sul no fim de semana

Vocalista Beto Bruno conversou com o Pioneiro antes de embarcar para a mini-turnê gaúcha, que no domingo terá show em festival em Forqueta

Prestes a lançar primeiro álbum ao vivo, Cachorro Grande é atração em Caxias do Sul no fim de semana Rui Mendes/Divulgação
Em uma trajetória de 18 anos, a banda lançou oito álbuns , todos de estúdio. Primeiro registro ao vivo está previsto para o início de novembro Foto: Rui Mendes / Divulgação

Na estrada desde 1999, os gaúchos da Cachorro Grande nunca lançaram um álbum ao vivo. É como se nunca tivesse feito falta na discografia, mas por outro lado, por que não? Em novembro, a banda entrega aos fãs o primeiro registro feito fora de estúdio, resultado de dois shows gravados em junho, em São Paulo, com 18 faixas e a participação de Samuel Rosa, do Skank _ "outro beatlemaníaco doente que nem nós", nas palavras do  vocalista Beto Bruno, 43. Antes de vir a Caxias do Sul para tocar no Clube União Forquetense, neste domingo, o vocalista conversou com o Pioneiro sobre o novo trabalho:

_Fãs e amigos sempre comentaram que a Cachorro no estúdio é uma coisa e ao vivo é diferente. Mas como a gente sempre tem fome de trazer coisa nova, de lançar algo a cada ano e meio e rodar pelo país mostrando, acabou que esquecemos até de pensar em lançar algo ao vivo. Era algo que já poderia ter saído depois do terceiro ou quarto disco, mas por outro lado a gente conseguiu fechar um repertório tão matador, que acho que está saindo na hora certa _ comenta o vocalista.

Assim como o show deste fim de semana, o repertório do CD (que também sairá em vinil duplo) é um apanhado das principais músicas dos oito discos da banda, como Dia Perfeito, Você Não Sabe o Que Perdeu, Desentoa e Sinceramente, que traz o vocalista do Skank. Contudo, o registro ao vivo também foi uma oportunidade para o quinteto — que além de Bruno tem Marcelo Gross (guitarra), Gabriel Azambuja (bateria), Pedro Pelotas (teclados) e Rodolfo Krieger (baixo) — resgatar do baú músicas que não tiveram a mesma projeção:  

_ O repertório se fez sozinho. Na hora de colocar no papel a gente sentou e foi anotando as mais importantes. Nisso também surgiram alguns lados B e músicas que não chegaram a ser single, mas que fizeram parte da nossa história, como As Próximas Horas Serão Muito Boas. Já o convite para o Samuel foi porque ele sempre esteve na área, sendo um parceiro, como toda a turma do Skank. A gente tocou em vários festivais juntos e surgiu uma amizade que, na hora de convidar alguém, não pensamos duas vezes.

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL 02/03/2016 - Banda do Rio Grande do Sul fez uma das apresentações que antecedeu o concerto do grupo britânico. (FOTO: DIEGO VARA/AGÊNCIA RBS).
Ponto mais alto da carreira da banda (e da vida, segundo Beto Bruno) foi abrir o show dos Rolling Stones em Porto Alegre, em março do ano passadoFoto: Diego Vara / Agencia RBS

Além do Ao Vivo, a Cachorro Grande tem no horizonte um documentário sobre os 20 anos da banda, dirigido pelo pernambucano Lírio Ferreira (Árido Movie, Cartola - Música Para os Olhos), previsto para sair em 2019. Todavia, um novo álbum de inéditas também deve sair até lá:

_ Cada um na sua casa já está começando a buscar alguma coisa. 

Os cinco compõem e trazem ideias, vem música de tudo que é lado, por isso é bem provável que no meio da turnê do disco ao vivo a gente sinta essa fome de novidade que falei antes e comece a mostrar seu material uns para os outros. Não é porque eu sou o vocalista que tenho que fazer as letras, não sou guitarrista e faço mais música do que letras, o Gabriel é o batera e faz letras, faz músicas. É uma banda de verdade mesmo.

Além de Caxias, a banda excursiona por Novo Hamburgo (nesta sexta), Cachoeira do Sul (sábado), Ijuí (próxima sexta) e Porto Alegre (domingo, 24). 

Agende-se

O quê: Geração Rock Festival, com show da Cachorro Grande e bandas locais (Marenna, Nino Salazar e banda e Malucos Minordão)
Quando: Domingo (17), às 17h
Onde: Esporte Clube União Forquetense (Rua Padre Alberto Casavechia, 1403, Forqueta)
Quanto: Antecipado - pista R$ 25,00, camarote R$40,00; Na porta – pista R$40,00; camarote R$60,00
Postos de venda: Hamburgueria Moreira, Multi Mercado Croata, Akustica Musical, Exerce Fitness


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros