Nivaldo Pereira: O cosmos e a saúde - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Opinião15/09/2017 | 15h00Atualizada em 15/09/2017 | 15h23

Nivaldo Pereira: O cosmos e a saúde

Num mapa astrológico, há vários pontos relacionados à saúde

Nivaldo Pereira: O cosmos e a saúde Charles Segat/Ilustração
Foto: Charles Segat / Ilustração
Nivaldo Pereira
Nivaldo Pereira

nivaldope@uol.com.br

Somos poeira de estrelas. Os átomos que tecem o nosso corpo também estão nas formas mais complexas do Universo. O céu está em nós. Essa percepção da conexão entre as partes e a totalidade, há milênios endossa a visão astrológica da saúde. Se desequilíbrios físicos ou psíquicos causam doenças, podemos usar o céu como modelo de ordem e dele extrair pistas simbólicas para lidar com os males eventuais. 

Num mapa astrológico, há vários pontos relacionados à saúde. Como o signo de Virgem, que cuida da conexão entre as partes de todo o organismo. A posição dos planetas nos signos e nas casas astrológicas também vai conferir maior ou menor qualidade na expressão dos princípios envolvidos, indicando forças ou debilidades físicas. O assunto é extenso, mas pincelo algumas pistas.

Desde sempre, o zodíaco celeste é projetado no homem, definindo áreas do corpo propensas a problemas por excessos ou faltas. O primeiro signo, Áries, está associado à cabeça, enquanto seu oposto, Libra, rege a cintura e os rins. Isso forma um eixo de energia entre os dois signos e as áreas envolvidas. E seguem-se os eixos zodiacais. Touro rege a garganta, enquanto Escorpião domina os genitais. Os pulmões e os braços são temas de Gêmeos, em contraponto às coxas e ao fígado, regidos pelo complementar Sagitário. Câncer se associa ao estômago, em par oposto com os joelhos, ossos e pele de Capricórnio. Leão rege o coração, enquanto Aquário regula a circulação e a área das panturrilhas. Por fim, Virgem liga-se aos intestinos, em par com Peixes regendo os pés. 

Como o Sol é o princípio vital, sua posição e os ângulos com os planetas darão pistas da vitalidade geral da pessoa. Uma tensão do Sol com o esponjoso Netuno, por exemplo, pode indicar um organismo vulnerável a contaminações, como alergias. Já um bom ângulo com Marte sugere força e energia desde o plano físico. A Lua, senhora do plano emocional, é fundamental na análise dos temas de saúde. Quantos sintomas têm origem nas subjetividades? Noutra hora, voltamos a esse tema.


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros