Fagote é destaque no Quinta Sinfônica, no UCS Teatro, em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Música clássica14/09/2017 | 07h48Atualizada em 14/09/2017 | 07h48

Fagote é destaque no Quinta Sinfônica, no UCS Teatro, em Caxias do Sul

Concerto terá sete obras de diferentes compositores, com dois solos do instrumento

Fagote é destaque no Quinta Sinfônica, no UCS Teatro, em Caxias do Sul Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Uma das diretrizes que têm guiado o trabalho da Orquestra Sinfônica da UCS (Osucs) nos últimos anos é levar aos caxienses repertórios não tão usuais, bem como instrumentos que fogem daqueles normalmente em destaque numa orquestra do gênero. Por isso, quem comparecer na noite desta quinta-feira ao já tradicional espetáculo Quinta Sinfônica, no UCS Teatro, será brindado com sete composições que transitam por diferentes vertentes e compositores, a maioria peças antigas apresentadas com uma roupagem mais moderna.

— A ideia é o público poder conviver com a pluralidade musical —  explica o maestro Manfredo Schmiedt, que regerá o concerto.

A grande estrela da noite será o fagote, instrumento de sopro da família das madeiras. Duas das peças — Andante & Rondo Ungarese, de Carl Maria von Weber, e Concertino para Fagote e Orquestra de Câmara, de Francisco Mignone — terão solo do fagotista Adilson Vieira, o convidado desta edição.

— Dificilmente se vê o fagote à frente de uma orquestra — salienta Manfredo.

Leia também:
Ciro Fabres: Nossos dias eram assim - II
Contagem regressiva para a 33ª Feira do Livro de Caxias do Sul, que começa dia 29
Hogwarts é aqui: passeio temático transportou o universo mágico de Harry Potter para a Serra

Vieira, que foi solista também em março passado, compara a função do fagote com a de um baixo num coro, por ser a "voz" mais grave entre as madeiras  (a mesma família do clarinete, do oboé e da flauta). E, apesar de o instrumento não ser tão conhecido do grande público e de ter no início a tarefa de acompanhar o violoncelo e o contrabaixo, o músico salienta que com o tempo grandes compositores começaram a perceber as muitas possibilidades dessa sonoridade.

— Antonio Vivaldi, por exemplo, compôs 39 concertos para fagote e orquestra — lembra.

Quanto às obras nas quais vai atuar no Quinta Sinfônica, o fagotista destaca que o Concertino começa com as notas mais graves, seguindo até as mais agudas, explorando toda uma extensão sonora. O segundo movimento já é mais alegre, festivo. Sobre  Andante & Rondo, ele conta que a peça originalmente foi escrita para viola, e depois, adaptada pelo próprio Weber para o fagote. 

— O Rondo começa com uma melodia bem lenta, vai explorando, tem um momento de virtuosismo... O segundo movimento também tem no final muitas notas para o fagote —completa o solista.

A noite terá ainda uma releitura de Anton Webern para Fuga a 6 Vozes, de Johann Sebastian Bach, considerada uma das melhores obras do compositor alemão, Pintura Rupestre, de Ricardo Tacuchian, e três peças que remetem ao folclore popular: Danças da Transilvânia e Danças Folclóricas Romenas, ambas do compositor húngaro Béla Bartók, e Mourão, de César Guerra-Peixe/Clóvis Pereira.

Concertos futuros

Se agora em setembro a estrela será o o fagote — instrumento de sopro feito em madeira, longo e dobrado —, no mês que vem será a vez da tuba, outro instrumento que costuma aparecer bem menos que violinos e piano. E Manfredo já faz planos para o ano que vem:

— Em agosto de 2018, devemos trazer um solo de gaita de foles.

Agende-se

O quê: concerto Quinta Sinfônica, com a Orquestra Sinfônica da UCS.

Quando: nesta quinta-feira, às 20h30min.

Onde: no UCS Teatro (campus sede da UCS), em Caxias.

Quanto: R$ 10 (plateia baixa e balcão), R$ 20 (mezanino), R$ 30 (plateia alta) e R$ 40 (camarotes); estudantes e idosos pagam meia. À venda na Loja UCS Store (Galeria Universitária) e na Livraria do Maneco (Rua Marechal Floriano, 879).


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros