Espetáculo que mistura ficção e realidade a partir de fotos abandonadas, "Nome" será apresentado nesta quarta em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Artes cênicas06/09/2017 | 08h30Atualizada em 06/09/2017 | 10h36

Espetáculo que mistura ficção e realidade a partir de fotos abandonadas, "Nome" será apresentado nesta quarta em Caxias do Sul

Peça traz a Caxias a bailarina radicada em Portugal Carolina Campos, acompanhada da portuguesa Márcia Lança

Espetáculo que mistura ficção e realidade a partir de fotos abandonadas, "Nome" será apresentado nesta quarta em Caxias do Sul Lais Pereira/Divulgação
Foto: Lais Pereira / Divulgação

Imagine suas fotos antigas – registros de uma viagem ou encontros de família – que por ventura tenham sido abandonadas após uma mudança ou qualquer outra circunstância, ganhar novos significados pela imaginação de alguém que as tenha encontrado perdidas por aí. É como sua biografia sendo escrita por alguém que não o conheceu, mas que teve como recurso alguns resquícios de memória sugeridos pelas imagens e a liberdade de recriar a sua história a partir destes fragmentos. 

O espetáculo Nome, que será apresentado nesta quarta-feira na Sala de Teatro Valentim Lazzarotto, no Ordovás, é um convite a viajar por memórias inventadas de pessoas reais. A partir de fotografias resgatadas na tradicional feira de usados da Ladra, de Lisboa, a portuguesa Márcia Lança e a caxiense radicada em Portugal Carolina Campos construíram narrativas em que as personagens presentes nas imagens ganham novas vidas. 

– Percebemos que tínhamos um interesse comum pelo imaginário que envolve os objetos que as pessoas jogam fora, principalmente as fotografias, de construir ficção em cima destas realidades. Indo atrás destas fotos que todo mundo tem no fundo de alguma gaveta, conseguimos histórias de famílias quase inteiras e fomos construindo a peça – explica Carolina.

Uma das fotos antigas resgatadas para contar uma nova história em cena Foto: Divulgação / Divulgação

Primeiro fruto da parceria entre as duas artistas, Nome teve apresentações em Lisboa e no Porto, e agora chega à América do Sul com incentivo da Fundação Calouste Gulbenkian, instituição portuguesa que fomenta a internacionalização da arte. Após apresentações em La Plata (Argentina) e Caxias, seguirá para o País Basco, na Espanha. Para a caxiense, que é ex-dançarina da Cia. Municipal de Dança e reestreia na terra natal após 12 anos (antes de Portugal ela foi morar no Rio de Janeiro), voltar aonde tudo começou é uma experiência especial:

– É super legal estar de volta com o meu trabalho, porque foi em Caxias que eu comecei tudo e me interesso em saber o que está acontecendo por aqui, além de poder trazer informações sobre o que eu faço lá fora – acrescenta a artista. 

Workshop 

Além da apresentação, amanhã e sexta pela manhã as intérpretes irão ministrar um workshop gratuito sobre seus processos criativos na Cia. Municipal de Dança, no Ordovás.

Serviço

O quê: espetáculo Nome
Quando: Quarta-feira, às 20h
Onde: Sala de Teatro Valentim Lazzarotto, no Ordovás
Quanto: R$ 10 e R$ 5 (estudantes e idosos)
Inscrições para o workshop: (54) 3901.1316, ramais 203 e 204

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros