Nivaldo Pereira: A luz do coração - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Opinião21/07/2017 | 16h02Atualizada em 21/07/2017 | 16h02

Nivaldo Pereira: A luz do coração

Então, vamos brincar, vamos brindar a entrada do Sol em seu próprio signo

Nivaldo Pereira: A luz do coração Charles Segat/Ilustração
Foto: Charles Segat / Ilustração
Nivaldo Pereira
Nivaldo Pereira

nivaldope@uol.com.br

Abram as cortinas, acendam as luzes, que lá vem o Leão! Depois da fase de imersão nas sensíveis águas nutridoras de Câncer, é chegada a hora de aparecer inteiro para a vida, como uma manifestação única da existência. Completada a gestação lunar, convém nascer em força e luz solares. É o show do ser! Porque gente é pra brilhar, como cantou o leonino Caetano citando o poeta Maiakovski (que tinha três planetas em Leão). Então, vamos brincar, vamos brindar a entrada do Sol em seu próprio signo, que acontece neste sábado, às 13h16min. Que não se economize em alegria e celebração! A vida é um presente do cosmos, por isso, devemos ser um presente para a vida também.

Leão é o impulso natural para sermos especiais. Portanto, que cada pessoa, no seu estilo, expresse o que tem de melhor, com grandeza, honra e amor. Ah, o amor! Leão rege o coração, o centro do ser, a morada do Sol radiante. Brilhar generosamente ao redor é espontâneo. Coração também é cor e coragem. Essa fonte criativa enche de entusiasmo os leoninos, dotando-os de carisma e ousadia. E o maior amor deve ser por si mesmo. Sem uma saudável autoestima, como dar amor aos demais? 

Quando o coração vai à frente, alinhado com o majestoso Sol, fica difícil contentar-se com pouco. Leão tem grandes expectativas sobre si mesmo e sobre a vida. Tudo o que vem dele tem aspiração a obra-prima. E há orgulho maior do que aquele sentido pelas suas criações, sejam filhos ou obras? Ter uma marca pessoal, feito digital, é condição de vida. E ele conhece o próprio valor. Podem chamá-lo de egocêntrico, vaidoso ou dramático. Ele vai rir. Só não o desprezem! Não queiram ver o rei dos animais de orgulho ferido...

Aliás, vale observar que eventuais exageros na afirmação do ego, como arrogância e prepotência, revelam problemas não resolvidos da fase anterior, a dos afetos cancerianos. Medos e carências internos não produzem uma boa autoestima, e ficamos dependentes dos aplausos para reafirmar nosso valor. Enquanto isso, como o Sol, o Leão feliz brilha e faz brilhar.



 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comSaiba como foi o primeiro sábado no Festival de Gramado https://t.co/FWcOPwKdOI #pioneirohá 15 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comProve sobrecoxa no capim limão por badaui https://t.co/baDl3gK2em #pioneirohá 30 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros