Júlio César Kunz autografa quinta, em Caxias do Sul, o livro "Amor Fati" - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Literatura11/07/2017 | 07h00Atualizada em 11/07/2017 | 07h00

Júlio César Kunz autografa quinta, em Caxias do Sul, o livro "Amor Fati"

Obra de poesia marca a estreia literária do escritor

Júlio César Kunz autografa quinta, em Caxias do Sul, o livro "Amor Fati" Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Livro é pautado por conceito retirado da obra de Nietzsche, pois para Kunz, literatura, filosofia e psicologia andam juntas Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Foi durante um intercâmbio na Argentina, enquanto cursava Engenharia de Alimentos, que Júlio César Kunz percebeu que a engenharia não era para ele. Coincidentemente, foi na mesma viagem que descobriu a poesia de um outro Julio, o Cortázar. Mas as letras e a poesia já marcavam presença em sua vida, embora não se desse conta disso totalmente. Talvez elas tenham desembarcado ali quando resolveu escrever a história do avô paterno, lá pelos sete ou oito anos. Ou quando, aos nove, uma professora falou sobre rimas. Ou, ainda, quando — no início da faculdade — resolveu acrescentar aulas de latim e grego às matemáticas obrigatórias.

O momento exato não importa; o certo é que desde muito tempo o engenheiro em Alimentos e mestre em Negócios do Vinho coleciona cadernetas nas quais vai rabiscando versos, e na próxima quinta-feira autografa seu primeiro livro, Amor Fati (Quatrilho, 96págs., R$ 24,90), editado via Financiarte. O lançamento será na livraria Saraiva, no Shopping Iguatemi, em Caxias do Sul.

Leia também:
Marcos Piangers fala sobre paternidade, machismo e os planos para o futuro
3por4: Iniciativa Escritor na Comunidade leva literatura para diversas regiões de Caxias
3por4: Escritor Paulo Ribeiro lança livro "O Transgressor" em agosto

Fã de Pablo Neruda e de Fernando Pessoa, de Vinícius de Moraes e da estética de Charles Bukowski, ele traz à luz poemas embalados geralmente por uma visão que tem muito a ver com outras duas áreas bem distantes da sua formação, filosofia e psicologia (embora ele também tenha iniciado, mas não concluído, um mestrado em Ética e Filosofia).

— Quando ia me formar na faculdade, os sócios do meu pai perguntaram o que eu queria de presente. Pedi a obra completa de Freud — conta, aos risos.

O próprio título do livro de Kunz é inspirado num conceito da filosofia de Nietzsche, na leitura feita por Irvin Yalom: o "amor fati" (amor ao destino) como um amar a vida integralmente e percebê-la como um ciclo infinito de experiências. Isso se replica na divisão da obra em quatro partes: Os nomes (re/des)velados, em que brinca de poetizar a partir de nomes e personagens; Os caminhos sem volta, em que a morte e as perdas são o tema; As muitas, com poemas que abordam experiências (eróticas, amorosas, de amizade); e Do eterno retorno, que retoma outra ideia nietzschiana, de que é preciso amar a vida e escolher viver cada momento como se ele fosse se repetir eternamente.

A escolha da poesia, para o escritor de 34 anos — que também escreve num portal de gastronomia e já lançou um livro técnico —, deu-se naturalmente. E ele justifica, citando a frase que ouviu de uma professora portuguesa numa oficina literária:

— Ela disse, ¿A gente fala poeticamente¿, e isso me marcou. Porque a fala, e a própria vida, não são lineares como a prosa, e sim cheias de silêncios e interrupções. Como a poesia.

Capa do livro também ilustra a questão dos ciclos que permeiam a nossa existência Foto: reprodução / reprodução

Agende-se
O quê:
lançamento do livro Amor Fati, de Júlio César Kunz.
Quando: quinta, dia 13, às 19h.
Onde: livraria Saraiva, no Shopping Iguatemi.
O livro: Quatrilho, 96págs., R$ 24,90.


 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comMulher que já esteve na lista das 10 brasileiras mais procuradas da Interpol foge de Presídio de Caxias https://t.co/lP4dPEY03P #pioneirohá 30 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com2º Barbecue Festival é opção gastronômica de domingo, em Caxias do Sul https://t.co/PtEE0fA3w0 #pioneirohá 1 horaRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros