Clássico "O Fantasma da Ópera" ganha releitura em Caxias, na quinta - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Espetáculo05/07/2017 | 09h53Atualizada em 05/07/2017 | 09h53

Clássico "O Fantasma da Ópera" ganha releitura em Caxias, na quinta

Apresentação, com entrada franca, envolve estudantes de Música e de outros cursos do Campus 8 da UCS

Clássico "O Fantasma da Ópera" ganha releitura em Caxias, na quinta Charles Segat/reprodução
História do mascarado que quer conquistar cantora de ópera vem encantando há mais de um século Foto: Charles Segat / reprodução
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Um clássico escrito há mais de 100 anos, que virou musical com recorde de público — mais de 100 milhões de pessoas — e teve diversas adaptações para o cinema e os palcos, ganhará nesta quinta-feira uma releitura por acadêmicos das áreas de Artes e Arquitetura da Universidade de Caxias do Sul (UCS). É O Fantasma da Ópera, que chega na versão ópera rock em espetáculo cênico-musical aberto ao público, dentro do projeto Música e Cena no Campus 8.

— Serão cerca de 25 acadêmicos de Música no palco, mas o projeto envolve mais de 150 alunos de diversos cursos — salienta a professora Suelen Scholl Matter, coordenadora do espetáculo e responsável pela direção vocal do grupo.

Leia também:
3por4: Escritor Paulo Ribeiro lança livro "O Transgressor" em agosto
"Se tu baixas tua expectativa financeira, tu podes ser o que quiser", aconselha Otto Guerra, homenageado deste ano em Gramado
Ciro Fabres: João Sem Medo

A apresentação é inspirada no musical de Andrew Lloyd Webber, que estreou em 1986 na Brodway e que, por sua vez, baseou-se no romance do francês Gaston Leroux, de 1909. O musical original, de três horas, foi condensado em pouco mais de uma hora e ganhou arranjos próprios, conta a professora Patrícia Porto, encarregada da direção instrumental:

— Fizemos uma versão ópera rock. São arranjos não tão convencionais, feitos pelos próprios alunos, com minha orientação — conta.

Assim, os alunos-cantores em cena serão acompanhados por guitarra, bateria, contrabaixo, acordeom e teclado para contar a história da cantora de ópera parisiense raptada por um "fantasma" que se esconde nos subsolos. Tudo isso com uma estética bem particular, meio underground, com figurinos criados pelos alunos de Design de Moda, sob direção dos professores Sérgio Lopes e Mercedes Lusa Manfredini , e cenografia a cargo dos cursos de Design de Interiores, Arquitetura e Artes Visuais, com direção da professora Roberta Tiburri. O desenvolvimento do material gráfico e de uma projeção que integrará o espetáculo, por sua vez, ficaram a cargo dos acadêmicos de design, coordenados pela professora Aline Valéria Fagundes da Silva.

Essa interdisciplinariedade, aliás, é outro destaque do projeto, que começou no ano passado com a Licenciatura em Música e a apresentação da ópera Dido e Eneias e cresceu até integrar todos os cursos do Campus 8. O Fantasma da Ópera tem entrada franca, e não é preciso retirar ingressos.

Agende-se
O quê:
espetáculo cênico-musical O Fantasma da Ópera.
Quando: nesta quinta-feira, dia 6 de julho, às 20h.
Onde: no auditório do Campus 8 da UCS.
Quanto: entrada franca.

A história

Em O Fantasma da Ópera, a cantora lírica Chistine é raptada pelo "fantasma" que vive no subsolo da Ópera de Paris.

Um homem atormentado, ele esconde o rosto deformado atrás de uma máscara e quer conquistar o amor de Christine.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros