3por4: Memorial Gazola, em Caxias, prepara programação especial para o dia 22 de julho - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

História07/07/2017 | 15h20Atualizada em 07/07/2017 | 15h20

3por4: Memorial Gazola, em Caxias, prepara programação especial para o dia 22 de julho

Exibição de documentários e apresentação de coral marcam os 74 anos da explosão ocorrida na empresa

3por4: Memorial Gazola, em Caxias, prepara programação especial para o dia 22 de julho Acervo Memorial Gazola/Divulgação
Memorial Gazola guarda registros fotográficos da histórica empresa caxiense Foto: Acervo Memorial Gazola / Divulgação

Permanece viva na memória de Caxias do Sul a explosão da indústria Gazola que matou seis mulheres em 22 de julho de 1943. O que muitos ainda não sabem é que há um lugar na cidade dedicado a preservar a história do espaço onde a empresa funcionou de 1932 até por volta de 2010. O Memorial Gazola quer ser conhecido pela comunidade e, para isso, convida a uma grande celebração que será realizada no próximo dia 22, justamente quando a explosão que marcou a história da empresa completa 74 anos.

- O memorial é muito lembrado no meio universitário, mas queremos dar uma visibilidade para a comunidade - comenta a historiadora e diretora do Memorial Gazola Maria de Fátima Valentini Canevese.

Leia Mais:
Rafael Iotti lança hoje o primeiro livro de poemas, "Mas é possível que haja outros"
Agenda: Bate-papo com artistas visuais ocorre neste sábado em Caxias

A programação ocorre entre 13h30min e 17h, com entrada franca. Haverá apresentação do coral Coro em Si, que terá um momento especial no repertório.
- Rosa de Hiroshima será cantada, lembrando do momento da Segunda Guerra Mundial - adianta Maria de Fátima.

A programação prevê ainda a exibição de dois documentários que retratam com dierentes olhares a história das mulheres mortas na Gazola: Aos Olhos de Santa Bárbara, de André Costantin; e É Proibido Falar Italiano, de Robinson Cabral.
Quem participar do encontro será convidado ainda a conhecer o acervo do Memorial Gazola, que possui mais de um mil peças catalogadas. Entre elas, imagens como essa ao lado, intitulada Operárias no Relógio Ponto, um registro de 1947.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPioneiro Esportes https://t.co/1MgOxX9oJV #pioneirohá 7 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comHomem é baleado após suposta briga por demarcação de terra no bairro Cruzeiro, em Caxias https://t.co/R5qPBEHTzI #pioneirohá 10 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros