Um passo a mais: conhecendo pessoas e histórias em Azofra - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Diário de viagem02/06/2017 | 14h50Atualizada em 02/06/2017 | 15h45

Um passo a mais: conhecendo pessoas e histórias em Azofra

Emilio Finger e Leidy Indicatti chegam à Azofra e conhecem outros peregrinos em um albergue municipal

Um passo a mais: conhecendo pessoas e histórias em Azofra Divulgação/
Foto: Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Os peregrinos de Caxias do Sul Emilio Finger e Leidy Indicatti chegaram em Azofra. Veja como foi:

Pegamos um ônibus de Logrono até Najera. O Emilio decidiu fazer 6 km (Najera até Azofra). Não estou mais organizando e nem ditando nossas paradas. Quem faz isso agora é ele.

Não me atento mais às flechas amarelas e, a partir de agora, ele é quem deve seguir e prestar atenção aos sinais. O dia estava muito quente (33ºC) e caminhar sob o sol escaldante foi realmente desgastante para ele.

Leia mais
MURAL: mande uma mensagem de apoio aos peregrinos!

Chegando em Azofra, nos dirigimos ao albergue municipal. Que bela surpresa! No final da tarde, os peregrinos se reuniram ao redor de uma fonte (um verdadeiro bálsamo para os pés) e tocaram e cantaram músicas lindíssimas.

Brian, o dentista dos Estados Unidos, jantou conosco e partilhou do nosso vinho. Nos contou a emocionante história de suas três filhas que foram adotadas na Rússia.

Percorrer o Caminho é muito bom, mas poder passar por momentos como estes, conhecendo profundamente a história das pessoas e fazendo essa conexão com elas, é realmente muito mais gratificante do que percorrer.

Clique na imagem abaixo para conferir o diário de viagem completo e deixar uma mensagem para a dupla de peregrinos:

Um passo a mais


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros