Projeto (Outra Coisa) debate relação entre o samba e as artes visuais, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Bate-Papo28/06/2017 | 11h20Atualizada em 28/06/2017 | 11h21

Projeto (Outra Coisa) debate relação entre o samba e as artes visuais, em Caxias

Encontro ocorre nesta quarta, às 19h, no Café Do Arco da Velha

Projeto (Outra Coisa) debate relação entre o samba e as artes visuais, em Caxias Heitor dos Prazeres/Divulgação
Tela do artista Heitor dos Prazeres simboliza ideia do encontro Foto: Heitor dos Prazeres / Divulgação

O samba serve como um exemplo da construção social e artística brasileira. Por esse motivo, Isso dá samba! será o tema debatido na 3ª edição do (Outra Coisa), que ocorre nesta quarta, às 19h, no Café Do Arco da Velha (Rua Dr. Montaury, 1.333), em Caxias. A reunião vai discutir a identidade e o afeto dessa expressão na sociedade, criando uma correlação com as artes visuais.

– O samba é uma metáfora para a arte brasileira. Isso porque ele é criado sem organização e privilegia a alegria entre as pessoas – comenta Carine Turelly, uma das criadoras do encontro.

Leia Mais:
Com texto psicografado por Chico Xavier, "Um Amor de Renúncia" tem sessão sexta-feira em Caxias do Sul
3por4: Fotógrafa Lisette Guerra abre exposição sobre Cuba, em Caxias 

Na cultura brasileira é comum encontrar elementos como o ritmo, que integra a população por meio da participação em danças, músicas e imagens criando uma estética de favela, algo que o samba traz desde sua raiz. A harmonia entre esses pontos cria a alegria no sambista e nas pessoas que escutam as composições. A mesma relação ocorre nas outras artes, por exemplo, quando um pintor cria um quadro em sinergia com suas ideias.

– Pegamos o viés dos músicos de samba que sorriem e perguntamos: por que fazem isso? Provavelmente dentro de um grupo de samba existem várias divergências ideológicas, mas quando eles tocam, cada ritmo e tom cria uma harmonia e eles sorriem porque isso gera a alegria. E nas artes em geral pode acontecer a mesma coisa – comenta Nano Richardi, também idealizador do encontro.

Para o debate serão apresentados vídeos, documentários e fotos contando a história desse gênero musical, suas origens e essa experiência no Brasil. Inspirações africanas foram utilizadas na criação do samba, assim como em diversas expressões artísticas nacionais. – Esses ritmos e estéticas são vistos na cultura brasileira em geral e, na arte, não é diferente – relata Carine.

Duas primeiras edições, em abril e maio, provocaram debates de alto nível entre os participantes Foto: Nano Richardi / Divulgação

O projeto (Outra Coisa) é uma iniciativa de Carine Turelly, Thiago Quadros e Nano Richardi. A ideia é promover encontros com o objetivo de discutir e refletir sobre os mais variados assuntos relacionados às artes visuais e suas relações com o ser humano.As reuniões ocorrem sempre na última quarta-feira do mês. Nos encontros anteriores,o grupo debateu acerca da construção do convite e do valor das coisas. As discussões são abertas ao público,que é convidado a trazer novas argumentações a respeito dos temas propostos.

Agende-se:

O quê: projeto (Outra Coisa) debate sobre a relação samba-arte.
Quando: nesta quarta, às 19h.
Onde: Café Do Arco da Velha, no térreo da Casa da Cultura (Rua Dr. Montaury, 1.333, Centro), em Caxias do Sul.
Quanto: entrada franca.


 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comApahand/UCS/Farroupilha estreia na elite do handebol feminino após temporada fora https://t.co/YBFV1xUTGS #pioneirohá 28 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPrefeitura de Caxias aperta o cerco à venda de produtos colonias sem registro https://t.co/UycVpQ8eNp #pioneirohá 55 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros