Espetáculo "Fadas" tem sessão em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Teatro21/06/2017 | 11h00Atualizada em 21/06/2017 | 11h00

Espetáculo "Fadas" tem sessão em Caxias

Peça de grupo de Joinville chega ao Teatro Pedro Parenti  nesta sexta

Espetáculo "Fadas" tem sessão em Caxias Rodrigo Arsego/Divulgação
Ferramentas de uma marcenaria servem como personagens em teatro de objetos Foto: Rodrigo Arsego / Divulgação

Fadas são seres mágicos, coloridos e  angelicais, certo? Bom, essa não é a definição destes seres imaginários retratada no espetáculo Fadas, da Essaé Cia de Joinville, que terá apresentação em Caxias do Sul na próxima sexta-feira. A peça de teatro de bonecos conta uma história que circunda em torno de uma menina que é recompensada com o dom de expelir pedras preciosas com suas doces palavras. A menina, porém, é uma Goiva (ferramenta utilizada por artesãos e artistas para talhar os contornos de peças de madeira, metal ou pedra) e recebe tais poderes de um desentupidor.

- O espetáculo vem para quebrar com o estereótipo de fadas de desenhos animados, por exemplo, que talvez já vem vêm com aquela imagem de fadinhas cor de rosa, etc. - comenta Cassio Correia, um dos manipuladores de bonecos na peça. 

Leia Mais:
Curta "O Guardião" será lançado sexta-feira, em Bento Gonçalves
3por4: Roteiro New York Fashion Experience tem curadoria de Patrícia Parenza e Patrícia Pontalti, em setembro

A peça é inspirada no conto As Fadas,  do escritor francês do século 17 Charles Perrault, e o cenário que serve de pano de fundo é uma marcenaria, os personagens nela são uma "Machada", e suas filhas uma Imbuia e a Goiva. Os objetos falam, tem têm sentimentos e sonhos. Tal qual no conto, as filhas, na peça, têm personalidades distintas: a mais velha é igual a mãe, mal-humorada e orgulhosa, enquanto a mais nova é uma menina meiga e bondosa.  A mãe gostava muito da mais velha e detestava a caçula, obrigando-a a tomar as refeições na cozinha e a trabalhar o dia todo. Em uma destas tarefas, a mais nova foi buscar água em uma fonte e recebeu poderes mágicos de uma fada. A mais velha, invejosa, parte para a fonte para receber os mesmos poderes, porém não é contemplada pela fada. A história passa justamente essa moral, a ação e reação de quem pratica o bem e como a educação de casa afeta as crianças. 

A direção do espetáculo é do ator e bonequeiro Paulo Martins Fontes, da Cia Gente Falante Teatro de Bonecos de Porto Alegre. 

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comParceria com iniciativa privada permitiu estruturação do espaço no HG, em Caxias https://t.co/gdYSQdnaiv #pioneirohá 11 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comHomem é encontrado morto, em Caxias do Sul https://t.co/ryVKfYIXlQ #pioneirohá 11 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros