Nenhum de Nós apresenta show "1+2=30" sábado, em Caxias do Sul - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Música05/05/2017 | 08h00Atualizada em 05/05/2017 | 10h51

Nenhum de Nós apresenta show "1+2=30" sábado, em Caxias do Sul

Espetáculo comemora os 30 anos de carreira. Ingressos estão esgotados

Nenhum de Nós apresenta show "1+2=30" sábado, em Caxias do Sul Raul Krebs/Divulgação
Durante duas horas, grupo faz um apanhado dos principais hits da carreira Foto: Raul Krebs / Divulgação

Chegou a vez de Caxias do Sul participar das comemorações do aniversário de uma das principais bandas de rock gaúchas. Thedy Corrêa e a trupe do Nenhum de Nós sobem a Serra neste sábado para apresentar o Acústico 1+2 =30, que celebra as três primeiras décadas do grupo. Uma montagem desplugada que reúne boa parte do repertório dos discos Acústico ao vivo no Theatro São Pedro (1994) e Acústico ao vivo 2 (2003). Os ingressos já estão esgotados

– Esse estilo ficou muito associado ao Nenhum de Nós. Em 1994, fomos uma das primeiras bandas do Brasil a lançar um acústico. É um estilo que tem a sonoridade muito próxima ao nosso estilo natural, com acordeom, violão, bandolim e cítara – afirma o vocalista, listando a apresentação para 80 mil pessoas no Rock in Rio 2 entre os momentos memoráveis da carreira.

Durante duas horas, Thedy, Carlos Stein (guitarra), Veco Marques (guitarra e violão de 12 cordas), João Vicente (teclados, acordeom e vocais) e Sady Homrich (bateria e percussão) fazem um apanhado dos principais hits do grupo, que já no primeiro disco, em 1987, estourou no cenário musical com Camila Camila, e nos anos seguintes esteve nas paradas com canções como Astronauta de Mármore, Vou Deixar Que Você Se Vá , Paz e Amor, Da Janela, Você Vai Lembrar de Mim, Amanhã ou Depois e Eu Não Entendo.

– É preciso acreditar no que faz e tratar tudo sempre com muita responsabilidade. Tivemos a sorte de ter encontrado no caminho pessoas que têm a mesma fé que temos no nosso trabalho – salienta Thedy.

Ao longo de 30 anos, o Nenhum de Nós conseguiu manter o público que sempre o acompanhou ao mesmo tempo em que atraiu novos fãs. Thedy credita a isso a sintonia que a banda procurou manter com os fãs e que é uma das principais marcas do grupo.

– Sempre foi um desafio renovar o público. Sempre fomos muito fiéis aos nossos princípios, e nossas músicas trazem letras e questões que atraem quem busca esse tipo de trabalho – acredita.

– Quem curte o Nenhum vai, provavelmente, encontrar muita coisa que gosta em todos os nossos álbuns – acrescenta Stein.

Seguir nessa lealdade com o público, sempre se reinventando e modernizando é o que trilha o Nenhum de Nós rumo aos próximos 30 anos.

– Descobrir a fonte da juventude para continuar trabalhando seria bom – brinca Thedy.

Stein também faz planos:

– Enquanto tivermos voz para cantar e dedos para tocar, estaremos por aí, levando nossas canções para quem quiser ouvir.

Programe-se
:: O que: Nenhum de Nós Acústico 1 + 2 = 30
:: Quando: amanhã, às 20h30min
:: Onde: UCS Teatro (Bloco M, Cidade Universitária, Caxias do Sul)
:: Quanto: os ingressos já estão esgotados

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comPolícia Civil conclui que comerciante foi morta em discussão sobre troco de cerveja em Caxias do Sul https://t.co/Q7gYdIVYWX #pioneirohá 8 horas Retweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com"Queremos sonhar um pouco mais alto", diz presidente do Juventude após manter Tiago Marques no Jaconi https://t.co/U2tj5MNfoH #pioneirohá 8 horas Retweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros