João Mendes Rio é atração do projeto Dandô, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Música10/05/2017 | 10h17Atualizada em 10/05/2017 | 10h17

João Mendes Rio é atração do projeto Dandô, em Caxias

Show será nesta quarta, na Sala de Teatro Professor Valentim Lazzarotto

João Mendes Rio é atração do projeto Dandô, em Caxias Débora Araújo/Divulgação
Músico mostra canções inspiradas pela natureza e pelas boas energias Foto: Débora Araújo / Divulgação

Rio faz parte do nome do artista, mas não só. A estética sonora da água em curso tranquilo, escorrendo por pedras limpas num cenário completamente natural, está no cerne do trabalho do paulista radicado em Minas Gerais João Mendes Rio. Ele é atração no projeto Dandô - Circuito Décio Marques e traz a Caxias um espetáculo autoral capaz de transportar o espectador para dentro de uma floresta de sons calmos e terapêuticos. Os próprios títulos dos quatro álbuns de João reforçam essa ideia: Terra (2006), Das Águas (2006), Caminho de Rio (2010) e Encontro das Águas (2016).

Leia mais:
Um violeiro entre palavras: novo álbum do caxiense Valdir Verona celebra parceria com poeta do Sul do Estado
Ciro Fabres: as mortes da cidade  
Veja detalhes da festa de Manoela Michelon Sgandella, sábado à noite


– Sou uma pessoa que vive na natureza, vivo numa comunidade em Capitólio, Minas Gerais. Então, saio de lá como que se na minha música estivesse um pouco dessa natureza, dessas águas, dos rios, dos verdes – conta o músico, que fará espetáculo de voz e violão em Caxias.

João não gosta de ideia de um show onde palco e plateia sejam lugares distintos. Para ele, apresentar-se está intrinsecamente ligado à ideia de compartilhamento de sensações. Por isso, o artista acredita que o formato lúdico das rodas e cirandas combina mais com seu trabalho.

– Faço o trabalho de show, mas nos lugares que eu vou, tento também fazer a roda de cura. Com elas, aprendi a chegar mais no público, aprendi a importância de não ficar só na coisa do artista no palco e o público separado. Às vezes, convido as pessoas a respirar, se concentrar, a estar presente, para que a música chegue melhor nelas – justifica.

As rodas de cura, aliás, representam parte importante do trabalho do músico, que viaja o Brasil mostrando às pessoas o poder terapêutico da música. Pensando nisso, ele idealizou ainda o projeto Renassência Musical. A iniciativa dosa pitadas holísticas, artísticas e terapêuticas, tríade super presente na obra de João.

– Tenho um trabalho focado no autoconhecimento, natureza e compromisso com o despertar de coisas profundas, de curas. Também tem uma interação de chamar o público para cantar – adianta.

A poesia é outro elemento fundamental dentro do processo de criação do músico. As letras das canções acompanham a positividade do som. Nas músicas, João fala da relação do homem com a natureza de forma emocionada. Em Pedra Branca, por exemplo, ele canta: ¿tiver um cheiro de cachoeiras e um gosto de terra milenar/tiver a forma de paz mineira e o vento vem assoviar/é a nossa voz que vem desse vale¿. Em Caxias, os anfitriões do show serão Mone & Wili, dupla que carrega a bandeira da doçura musicada totalmente em sintonia com o clima sugerido por João.

– Espero que as pessoas possam chegar e a gente possa fazer essa troca bem bonita – aponta João, com a voz mansa que lhe é característica.

:: O que: Dandô, Circuito de Música Décio Marques, com show de João Mendes Rio. Abertura com Mone e Willi
:: Quando: nesta quarta, às 20h
:: Onde: Sala de Teatro Professor Valentim Lazzarotto (no Centro de Cultura Ordovás)
:: Quanto: R$ 20 e R$ 10 (estudantes e idosos), à venda na hora

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros