Daniel Amaro apresenta espetáculo de dança afro nesta terça, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Dança02/05/2017 | 07h00Atualizada em 02/05/2017 | 11h34

Daniel Amaro apresenta espetáculo de dança afro nesta terça, em Caxias

"A Reminiscência dos Tambores do Corpo no Âmago dos Homens Ifá na Crença do Maria, Marias" poderá ser conferido no Teatro Pedro Parenti

Daniel Amaro apresenta espetáculo de dança afro nesta terça, em Caxias Fernanda do Amaral/divulgação
Bailarino e coreógrafo de Pelotas fará solo no qual mescla movimentos de cinco espetáculos anteriores para contar a formação da cultura afro-brasileira Foto: Fernanda do Amaral / divulgação
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

A trajetória do povo negro e a formação da cultura afro-brasileira estarão em cartaz, na noite desta terça-feira, no espetáculo A Reminiscência dos Tambores do Corpo no Âmago dos Homens Ifá na Crença do Maria, Marias, que a Cia. de Dança Afro Daniel Amaro apresenta no Teatro Pedro Parenti, em Caxias do Sul.

Concebida em 2010, para comemorar a primeira década da companhia, a performance revisita cinco espetáculos anteriores (daí o nome extenso) e evoca a mescla cultural entre Brasil e África, que passa pela dança, os ritmos e a religiosidade do povo.

Leia também:
Marcos Kirst: garfo e faca nas pétalas
Pedro Guerra: feliz por quem?
Nivaldo Pereira: Vênus no espelho
Ciro Fabres: velhas tardes, velhos dias

Para a apresentação em Caxias, A Reminiscência dos Tambores... chega no formato solo, que adotou no ano passado. No palco, o coreógrafo e bailarino Daniel Amaro, natural de Pelotas, mostrará uma coreografia "com características bem diferentes":

— Eu faço uma dança afro contemporânea, uma mescla de dança de raiz africana com dança contemporânea — define.

Há uma razão para isso — afinal, a própria cultura representada por Amaro é uma amálgama, surgida da adaptação do modo de vida e dos aspectos culturais africanos em solo brasileiro. Para bem representá-la, Amaro mergulhou num intenso trabalho de pesquisa, que resultou, primeiro, em cinco espetáculos separados — Reminiscência (2000), Tambores do Corpo (2001), Âmago (2003), Homens Ifá (2004) e Maria, Marias (2005) —, depois na junção deles todos para criar uma história única. A adaptação do formato inicial, com 12 bailarinos, para o solo também exigiu alterações.

Essa é a primeira apresentação de Amaro em Caxias, porém ele já esteve na cidade no ano passado ministrando um curso de dança de matriz africana. E gostou do que viu:

— A cultura afro-brasileira está sendo bem mais aceita. As pessoas estão mais sensíveis, abertas à recepção da cultura das diferentes etnias — diz o também pesquisador de dança afro.

No espetáculo desta terça, a dança será contextualizada por meio de um cenário-vídeo, e os espectadores serão ainda brindados com uma trilha sonora que une músicas do Brasil, da Argentina, do Senegal, da França e de Cuba.

Agende-se
O que:
espetáculo de dança A Reminiscência dos Tambores do Corpo no Âmago dos Homens Ifá na Crença do Maria, Marias, da Cia. de Dança Afro Daniel Amaro
Quando: nesta terça, 2 de maio, às 20h
Onde: no Teatro Pedro Parenti, na Casa da Cultura (Rua Dr. Montaury, 1.333), em Caxias do Sul
Quanto: R$ 40 e R$ 20 (estudantes, idosos e classe artística)
Duração: 45 minutos

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comRompidos desde março, prefeito e vice de Caxias seguem sem conviver https://t.co/IVhLn1DNLA #pioneirohá 21 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comConfira a lista de falecimentos desta quinta-feira https://t.co/CJTrKvUSQS #pioneirohá 46 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros