3por4: Instalação artística "Marias" ocupará o Centro de Cultura Ordovás, em Caxias - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

3por408/05/2017 | 11h21Atualizada em 08/05/2017 | 11h21

3por4: Instalação artística "Marias" ocupará o Centro de Cultura Ordovás, em Caxias

Mostra contemplada pelo Financiarte abre dia 17 de maio 

A arte abaixo, feita por Giovana Mazzochi, dá o tom da instalação artística Marias, que ocupa a Galeria de Artes do Centro de Cultura Ordovás no dia 17 de maio. Carine Panigaz assina a iniciativa, composta por um manequim representando a figura feminina e que terá uma copa de arames e luzes saindo da cabeça. Os visitantes vão interagir com a obra manuseando um emaranhado de fios elétricos que estarão amarrados aos pés e pernas do manequim. Esses fios podem ser plugados a entradas elétricas espalhadas pelo corpo da mulher ali idealizada. A cada fio conectado, as luzes que ficam na cabeça do manequim respondem ao ato.

Instalação Marias ocorre entre os dias 17 de maio e 7 de junho Foto: Giovana Mazzochi / Divulgação

O objetivo é refletir sobre as violências cotidianas sofridas pelas mulheres, reforçando a mensagem de que qualquer tipo de violência causa alguma modificação em quem a sofre. A instalação Marias foi custeada via Financiarte.

– Pensei em como eu poderia levantar questionamentos e falar sobre violência contra mulher usando a linguagem da arte – comenta Carine. 

Leia Mais:

Jayme Monjardim fala sobre sua nova novela, que terá cenas gravadas em Garibaldi

Grupos de WhatsApp para mães e pais de alunos geram controvérsias no ambiente escolar

A instalação, que estará disponível para visitação até o dia 7 de junho, não fica restrita ao ambiente da galeria de artes. A artista plástica conta que está produzindo um documentário com entrevistas de mulheres em diferentes condições de violência, uma em situação de rua, outra em situação prisional, etc. Também será feito um material gráfico, utilizando o belo desenho da Gio Mazzochi e que contará com algumas referências de autores que podem levar o assunto do feminismo para dentro da sala de aula. 

– Uma vez ouvi a Marcia Tiburi dizendo ¿como pode o magistério ser composto por maioria de professoras mulheres e até hoje existir tanto machismo?¿. Como dei aula por 15 anos, fiquei pensando nisso, então coloquei sugestões nesse material de referências que podem ser levadas para a sala de aula – sugere Carine.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.com"Não estou preocupado com a próxima eleição", diz Sartori https://t.co/jOxS7ttw0u #pioneirohá 21 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comDebate acirrado com o retorno do vereador Renato Nunes na Câmara Municipal em Caxias do Sul https://t.co/DdQwGcGuvM #pioneirohá 56 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros