Grupo Molhados na Chuva celebra aniversário revisitando trajetória, nesta quarta - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Espetáculo05/04/2017 | 10h21Atualizada em 05/04/2017 | 10h21

Grupo Molhados na Chuva celebra aniversário revisitando trajetória, nesta quarta

Montagem de teatro de bonecos será mostrada no Pedro Parenti

Grupo Molhados na Chuva celebra aniversário revisitando trajetória, nesta quarta Divulgação/Divulgação
Personagem Poeta Romântico está entre os escolhidos para participar do espetáculo Foto: Divulgação / Divulgação

Uma crise econômica desafia qualquer setor. E para quem trabalha com arte, justamente tentando espalhar um pouco de acalento em tempos difíceis, as dificuldades são ainda maiores. Os irmãos Rafael e Ranulfo Homem entendem muito bem do assunto. Completando 24 anos à frente do grupo de teatro de bonecos Molhados na Chuva, a dupla já enfrentou muitas peleias e escolheu passar por mais essa no ambiente que domina com maior entusiasmo: o palco. Nesta quarta, exatamente a data de aniversário do grupo, haverá apresentação na Casa da Cultura, relembrando algumas esquetes que fazem parte da história do Molhados.

Leia mais:
Agenda: Festival Beneficente de Rock ocorre na Bier Haus
Faça tapioca de espinafre com recheio de iogurte
Sociedade por João Pulita


— Só ver coisas ruins não dá, queremos reforçar a ideia de que estamos aí, ativos, e com emoção — alerta Rafael Homem.

O espetáculo terá seis quadros diferentes, cinco apresentados por Rafael e Ranulfo e um do convidado especial Nelson Haas, outro soldado do universo bonequeiro.

— Nelson está peleando como nós, não adianta competir se somos só nós, melhor se unir — comenta Rafael.

Os quadros do Molhados na Chuva vão desde momentos mais dramáticos até respiros cômicos, passando por alguns números musicais. Entre os personagens mais especiais a desfilar pelo palco do Teatro Pedro Parenti, está o Menino de Rua, numa esquete que promete emocionar e resgatar memórias.

— Esse foi o primeiro personagem que criamos, acho que o boneco já deve estar na terceira geração hoje em dia. Tinha que ter esse, muitos lembram do nosso trabalho por causa dele — explica o bonequeiro.

O espetáculo reúne ainda Michael Jackson — retirado da própria tumba para dançar Thriller —, um poeta romântico, um dançador de chula vindo de (ou melhor, "da") Vacaria e termina com o DJ ET e seu jogo de luzes e música. Os espectadores poderão ainda conferir um pequeno documentário com um pouco da história do Molhados na Chuva, uma maneira de celebrar o aniversário valorizando o caminho percorrido.

— Não é fácil, mas seguimos lutando. Acredito que precisaríamos de mais sensibilização do empresariado. Lutamos pelas leis de incentivo que temos hoje, mas às vezes fica tão difícil, parece que estamos num beco — opina Rafael, que atualmente tenta captar recursos para o projeto Cinemas dos Bonecos, aprovado via Lei de Incentivo à Cultura (LIC) Municipal em 2015.

Em 24 anos de trajetória, o Molhados na Chuva já se apresentou para mais meio milhão de espectadores e é responsável por 15 montagens. 

PROGRAME-SE
:: O que: espetáculo Temas Livres, do grupo Molhados na Chuva
:: Quando: nesta quarta, às 20h
:: Onde: Teatro Pedro Parenti da Casa da Cultura (Dr. Montaury, 1.333)
:: Quanto: R$ 10 e R$ 5 (crianças, idosos e sócios do Clube do Assinante)



 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros