Criativa e sustentável - Cultura e Tendência - Pioneiro

Versão mobile

Inspire-se24/09/2016 | 07h00Atualizada em 24/09/2016 | 07h00

Criativa e sustentável

A estilista Niura Ramos abre as portas do apartamento para mostrar como aproveitar materiais alternativos

Criativa e sustentável Jonas Ramos/Agencia RBS
Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

Na casa da estilista caxiense Niura Ramos, cada cantinho é digno de uma história. Ela mora num apartamento do bairro Jardelino Ramos com o filho, Murilo, de seis anos. Por lá, todos os cômodos carregam toques especiais de criatividade e sustentabilidade, duas marcas no trabalho de Niura.

— Sempre gostei de coisas diferentes, queria que a casa ficasse com minha cara – diz ela.

Leia mais
Nivaldo Pereira: louvação a Virgem

Quando se mudou, em fevereiro de 2015, a estilista tinha pouquíssima mobília. Assim, foi aceitando as ofertas de amigos e familiares que tinham algum móvel parado em casa. Logo na sala, peça de entrada da residência, um espelho que era do bisavô de Niura dá um charme especial a uma das paredes. Embaixo dele, há uma mesinha em estilo anos 1960 que era do avô da estilista. Misturado ao estilo clássico dos móveis em madeira, Niura resolveu compor o cenário com uma luminária num clima bem urbano.

— Comprei ela num salvados, e daí coloquei uma velinha de led no lugar da lâmpada – conta ela, que também usou led para contornar a bancada da cozinha. Atualmente, Niura trabalha dando aulas de corte e costura para crianças, além de ter sua própria marca de roupas e bijuterias. A criação a partir de tecidos e materiais alternativos sempre fez parte da rotina dela. Em casa não seria diferente. Entre os móveis que a estilista reaproveitou está uma cômoda no quarto do filho. Quando uma amiga avisou que jogaria o objeto fora, Niura logo se ofereceu para ficar com ele. Forrou-o com um papel contact estampado nas cores do quarto e trocou os puxadores.

— Quando têm alguma coisa sobrando, as pessoas já pensam ¿a Niura vai querer, ela vai fazer alguma coisa¿ — brinca.

Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

Objetos que faziam parte da mobília da extinta loja de Niura também ganharam novas funções na decoração da casa. Dois estrados de vitrine, colocados um em cima do outro, viraram uma mesa de centro, enquanto que uma arara de roupas se transformou em armário no quarto. 

— É uma casa sustentável. Uma maneira de ser legal com o planeta – diz Niura.

A parede de uma das salas ganhou uma pintura feita por um amigo da estilista.

— Eu sempre quis uma árvore aqui, daí pensei em transformar num porta-retratos — explica ela, que colou fotos da família e de amigos na árvore, como se fossem frutos ou flores da planta.

Mas um dos objetos que mais faz sucesso na decoração da casa de Niura é um puff que ela mesma produziu a partir de uma boia de piscina. Foi só forrar com uma malha (dá para fazer com qualquer tecido que tenha elasticidade), amarrando embaixo e colocando uma espécie de cinta do mesmo tecido para moldar a cabeceira.

— Vários amigos já copiaram a ideia e fizeram os seus puffs — orgulha-se.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comRecreio da Juventude é mais uma vez campeão gaúcho de handebol adulto masculino https://t.co/zDZuJrOX7b #pioneirohá 12 minutosRetweet
  • pioneiroonline

    pioneiroonline

    Pioneiro.comFarrapos é hexampeão do Circuito Gaúcho de Rugby Sevens https://t.co/zXMLLEQV5l #pioneirohá 12 minutosRetweet

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros