Sociedade: quer saber mais sobre a piloto Cristina Rosito? - Colunas do João Pulita - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

SOCIAL11/11/2020 | 06h10Atualizada em 11/11/2020 | 06h10

Sociedade: quer saber mais sobre a piloto Cristina Rosito?

Confira, também, outras fotos da coluna social desta quarta-feira!

Sociedade: quer saber mais sobre a piloto Cristina Rosito? Arquivo Pessoal / Divulgação/Divulgação
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação / Divulgação

Velocidade máxima!

Cristina Rosito, sagitariana, natural de Porto Alegre, filha de Raffaele e Gilda Rosito (in memoriam), radicada caxiense, é piloto, coach e administradora de empresas. Iniciou sua carreira competindo com moto, kart, turismo, monoposto, dragster, protótipos e caminhão e em todas essas categorias foi ao pódio. Ela foi campeã brasileira de kart e de turismo e vice-campeã brasileira de protótipo e dragster, e terceira colocada no sul-americano da fórmula truck. Disputou o campeonato mundial e dois campeonatos pan-americanos. Cristina é a mulher que mais venceu corridas no Brasil e a única piloto no mundo que conquistou a liderança de duas corridas no mesmo dia em autódromos diferentes. Atualmente é membro da Confederação Brasileira de Automobilismo, na qual realiza avaliações de novos pilotos. Também atua como coach do piloto Ricardo Brittes, na Mercedes Challenge e, neste momento, se prepara para participar de mais uma “12 Horas de Tarumã”, que ocorrerá em dezembro. Pegue uma carona acelerada com Cristina!

Qual a rota que remete a sua infância? O trecho entre Porto Alegre e Viamão, onde fica o autódromo de Tarumã.

Quando criança imaginava se tornar uma piloto? O que sonhava ser quando crescesse? Sempre vivi nesse meio a vida inteira, sempre me imaginei piloto.

Nessa época, havia algum carro específico que te chamava a atenção? Sim, o Miura do meu vizinho, e a Fórmula Vê que meu pai corria.

Nos dias atuais, temos poucas mulheres competindo. Qual é o seu sentimento em relação a isso? Acho que as mulheres estão conquistando seu espaço, e no meio do automobilismo também tem sido assim, estão se encorajando a entrar em mundo predominantemente masculino, temos hoje um campeonato a nível mundial somente para mulheres, o W Series. As mulheres têm total capacidade de disputar de igual para igual com os homens.

Como é atuar neste ambiente predominantemente masculino? Superei o preconceito acelerando e isso me fez conquistar o respeito dos meus adversários e equipe.

Qual foi teu primeiro contato com o automobilismo? Foi através de meu pai, Raffaele Rosito, falecido no ano de 2000, que era piloto.

Se tivesse vindo ao mundo com uma legenda ou bula, o que conteria nela? Viva intensamente.

Um hábito que não abre mão? Meu achocolatado todas as manhãs.

Filme para assistir inúmeras vezes: Titanic, do diretor James Cameron; e Ghost, do diretor Jerry Zucker. 

Quais músicas não saem da sua playlist? Sem dúvidas sertanejo.

O que te inspira? Buscar fazer o meu melhor sempre.

Um campeonato inesquecível: Campeonato Mundial, Fórmula Ford e Marcas, no qual venci duas corridas no mesmo dia em autódromos diferentes.

Fale sobre velocidade: é minha vida.

Quais os maiores desafios para um piloto no Brasil? Resumo em um: manter-se no automobilismo sem dinheiro.

O que não pode faltar na sua rotina diária? Meus exercícios físicos.

Quem deverá ser o próximo destaque do automobilismo brasileiro? Difícil dizer, há tempos o Brasil deixou de ser um celeiro de jovens talentos em busca da Fórmula 1.

O que tem feito para impactar o mundo de maneira positiva? Busco ajudar o próximo, seja em minhas atitudes diárias, ou seja, por meio da minha empresa.

Qual conquista foi a mais marcante na sua trajetória? As 12 Horas de Tarumã de 2000, que foi uma homenagem ao meu pai falecido dias antes.

Como concilia a rotina de coach, multicampeã e administradora de empresas? Com velocidade e precisão para dar conta de tudo.

Existe um limite na profissão de piloto? Não, a cada dia, a cada volta o piloto aprende mais, o conhecimento no automobilismo é infinito.

Quem são os mestres na sua área? Meu pai sem dúvidas.

Uma qualidade: a perseverança.

Um defeito: só um?

Não vivo sem: acelerar

Uma palavra-chave: corrida e vitória.

Que conselho daria para uma menina que deseja ingressar nesse meio do automobilismo? Se esforce, se aplique, aprenda sobre automobilismo e nunca desista.

A melhor invenção da humanidade? O automóvel, é claro.

Reflexão de cabeceira? O amor é essência da vida, inclusive está escrito na lápide da minha mãe.

Quais os seus projetos para o futuro? Continuar cuidando dos negócios da família, abrir uma escola de pilotos com a Rosito/Gaidarji Motorsports e levar a Isent – isenções e acessibilidade a outros estados.

.

Leonardo Bender Demari e Natália Daros presenças no batizado do pequeno Joaquim, filho de Felipe Tondo Pereira e Verônica Daros Foto: Melisa Boz / Divulgação

Calendário

Hoje é dia de celebrar a data querida do advogado Bento Martins. Amanhã os abraços serão em torno de Tales Pulita, do escritor e filósofo Gilmar Marcílio e do atleta farroupilhense de skydiving Augusto Sonaglio Bartelle. Já na sexta-feira, dia 13, o parabéns será entoado para os fotógrafos Leandra Romani e Gilmar Gomes. Outra persona que promete se transformar no centro das atenções do mês, é Luciana Alberti, aniversariante do dia 19.

Clique e confira outras edições da coluna social de João Pulita

Elisa Kuver e Fabrício Gelain De Prá, o Ricco Bracco, criaram um projeto fashion e filantrópico Foto: Vanessa Fortes Tonietto / Divulgação

Estilo

A personal stylist Elisa Kuver acaba de assinar uma colaboração com o estilista Fabrício Gelain De Prá, da Ricco Bracco. A ideia da dupla foi desenvolver uma bolsa produzida por artesãs e bordada com flores desenhadas pelas crianças assistidas pelo Centro Assistencial Vitória. A comercialização do acessório tem o lucro revertido em doações para o Centro dirigido por Viviane Pinto Bado.

A aniversariante da última semana, Sandra Amarante e seu partner, Paulo Gatelli, em festa no Bar do Luizinho Foto: Amanda Trevisan / Divulgação

Mulheres

As amigas Cris Lavratti, Gisi Fiuza e Michele Gubert agendam a estreia da primeira temporada do Programa Nunca Foi Saia, para este dia 11, às 11h11min, pelo canal no YouTube com o mesmo nome. O tema escolhido para os 10 episódios que seguirão transmitidos semanalmante, todas as quartas-feiras, é a maternidade. Como cenário para a premiére e as gravações elas selaram parceria com a empresária de moda Simone Franco.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros