Sociedade por João Pulita - Colunas do João Pulita - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

SOCIAL29/07/2020 | 06h10Atualizada em 29/07/2020 | 08h10

Sociedade por João Pulita

Veja a coluna social desta quarta-feira!

Sociedade por João Pulita Ana Salvi / Divulgação/Divulgação
João Ferula aproveita o período de recesso social para projetar boas novas em seu espaço de celebrações com direito até a uma capela inspiradíssima Foto: Ana Salvi / Divulgação / Divulgação

Atmosfera

Com um olhar otimista e trabalhando com afinco para o futuro pós-pandemia o empresário e acadêmico do curso de Arquitetura e Urbanismo, João Ferula, faz contagem regressiva para a estreia de sua casa de eventos sociais e corporativos, a Celebrar. A boa nova já ocupa os bucólicos cenários da Parada Cristal com uma proposta rústico-chic. Para imprimir mais sentido às celebrações, Ferula tira do papel um projeto que homenageará o jesuíta italiano e cardeal católico São Roberto Belarmino (1542-1621), canonizado em 1930. A capela é assinada pela arquiteta Cátia Ferronato e inspirada no estilo gótico, que mescla elementos rústicos e naturais, além de apostar no romantismo.

Clique e confira outras edições da coluna social de João Pulita

A bela Vitória Fontana comemora a conquista do diploma em Publicidade e Propaganda pela UCS Foto: Ilda Fontana / Divulgação
Caxienses radicados em São Paulo, Bruno, Isabela e Marina Martins entoaram o parabéns a você para celebrar os dois aninhos de Isabela Foto: Bento Martins / Divulgação

Energia

A beauty artist caxiense Gabriele Backendorf conjuga seu conhecimento na área e expressivo talento com a farmacêutica, fitoterapeuta e aromaterapeuta, a paulista Maria Aparecida Carneiro. Juntas apresentam, nesta quarta-feira, às 19h30min, a live que intitularam “Introdução à Aromaterapia: o que é, como usar e receitas práticas” pode ser conferida por meio dos perfis no Instagram @gabrielebackestudio e @oleosdemaria.

O visionário Gil Giardelli com seu Robô Pepper ensaia a próxima edição da Live Café com Ideias do Sindilojas Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Olho Mágico

Entusiasta de inovação e economia digital, Gil Giardelli, é o convidado do Sindilojas para a Live do Café com Ideias, que ocorrerá nesta sexta-feira, às 9h. Com o tema “O Varejo na Sociedade 5.0”, o bate-papo contará com a mediação da gerente executiva e coordenadora de comunicação do Sindilojas Caxias, Lisandra De Bona. Para quem desejar acompanhar o conteúdo, a transmissão estará disponível no perfil no Instagram @sindilojascaxias.

.

O Infinito Particular de Thaís!

Thaís Gaspari Foto: Carolina Brugnera / Divulgação

A jovem caxiense Thaís Gaspari, filha de Gilberto Natalino Gaspari e Margarete Martins Gaspari, acadêmica do curso de Psicologia, é também modelo e criadora de conteúdo no Instagram. Ela acaba de rever seu propósito na plataforma e criou uma hashtag para continuar promovendo moda com mais consciência social. A #PraUsarQuandoOCoronaVazar surgiu com a ideia de diminuir a ansiedade em relação ao futuro e garantir que seus seguidores vistam os looks inúmeras vezes e de diferentes maneiras. Conheça mais desta bela libriana com ascendente em Capricórnio e lua em Aquário, que já movimenta o universo ao seu redor!

Qual sua lembrança mais remota da infância e que sabor te remete essa época? Minha família ao redor da mesa da casa dos meus avós, Paulo Gaspari e Glória Conceição Gaspari (in memoriam), e o sabor que diretamente me vem à mente é o da polenta, comida preferida até hoje, que minha avó preparava só para me mimar.

Quais músicas não saem da sua playlist? MPB e Rap/Hip Hop nacional, mas sinto que minha playlist, assim como eu, muda constantemente. As três músicas que não saem do meu repeat são: Meu Sol, da banda Vanguart; Um dia após o outro, de Tiago Iorc, e; Paris, da Poesia Acústica. 

Gostaria de ter sabido antes que... cada um tem seu tempo, que preciso respeitar os meus processos e valorizar as pequenas conquistas. 

Qual a passagem mais importante da tua biografia e que título teria se fosse publicada? Creio que ela ainda não aconteceu, seria a minha (tão sonhada e esperada) graduação em Psicologia. O título poderia ser “Antes tarde do que nunca”!

O que é ter estilo? Mais do que nunca, estilo é saber que as roupas que você veste te representam de alguma forma. 

Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo? Atualmente, devido a pandemia, fiquei bastante tempo sem postar nada relacionado à moda - meu nicho principal de criação de conteúdo no Instagram -, publicando apenas o máximo de informação possível sobre o novo coronavírus, usando minhas redes sociais como uma fonte de notícias e dados atuais e verdadeiros. Após, precisei me adaptar e repensar meu propósito e posicionamento, e acabei decidindo criar uma hashtag, a #PraUsarQuandoOCoronaVazar. Aliando a moda à conscientização, aspecto tão importante nesse momento. A ideia é que eu consiga continuar postando conteúdos de moda, que segue sendo a minha válvula de escape em momentos de ansiedade como o que estamos vivendo, mas com um pouco mais de propósito do que apenas looks. Na hashtag, as seguidoras encontrarão conteúdos com várias opções de uso de uma mesma peça de roupa, mas, como o nome já diz, para usar somente quando o corona vazar, alertando também sobre a importância de ficarmos em casa nesse momento.  

Qual é a sua história com a moda e com o Instagram, como começou e por que decidiu seguir por esse caminho? Desde que me entendo por gente minha mãe fala que não preciso gastar muito dinheiro para estar bem vestida, e foi aí que começou a minha paixão pela moda: descobrindo novos jeitos de vestir e como não é vergonhoso usar várias vezes a mesma. As minhas amigas sempre amavam os meus looks e pediam dicas e auxílio na hora das compras, sempre as ajudava. Então, a partir de 2016, depois de já ter iniciado uma carreira autônoma como modelo fotográfica e feito alguns trabalhos criando conteúdo, resolvi investir nessa nova profissão e me especializar em marketing pessoal, por meio da plataforma. De maneira natural, espontânea e sempre tentando transmitir a vida real, hoje em dia alimento a rede social com um posicionamento sincero e responsável, influenciando e informando ao máximo os meus seguidores sobre assuntos que julgo relevantes. 

Thaís Gaspari Foto: Carolina Brugnera / Divulgação

De que maneira considera que o cenário atual vai impactar o futuro da moda? Um cara que admiro muito, o André Carvalhal, comentou em uma live o quanto a pandemia está afetando a relação das pessoas com a moda e o com o consumo em geral. Ele nos mostrou que não existirá um novo comportamento porque existem diversos tipos de consumidor – tem gente que está comprando loucamente e outros que passaram a comprar menos. Concordo com ele e acho que está se deixando de lado o glamour que havia na moda há algum tempo e optando pelo conforto. Percebo também a possibilidade de que o público comece a repensar a importância e a necessidade do que consome. Essa consciência já é bem observada nas redes sociais, por exemplo. Muito está se falando sobre o “unfollow terapêutico”, no qual as pessoas deixam de seguir contas que as façam sentir diminuídas, como “musas fit” ou que mostrem somente a ideia de “vida perfeita” e migrem para perfis mais reais, com conteúdos relevantes. 

Como lidar com bloqueios e se manter criativo na atual situação mundial? Creio que primeiramente temos que entender que os bloqueios criativos são normais. Se eles já são habituais, imagina em plena pandemia! Acredito que o grande segredo seja abraçarmos nossas vulnerabilidades. A partir do momento que aceito que “não estou produtiva/criativa hoje” e me permito “fazer nada” certamente amanhã acordarei mais descansada e disposta a criar. 

Qual a produção mais marcante trabalhando com o Instagram? Certamente foi a criação de conteúdo e divulgação para a coleção especial de fim de ano da Swarovski no Brasil, em 2019. Ter o reconhecimento e obter a confiança de uma marca tão renomada me deixou muito feliz e honrada pelo trabalho que venho realizando.  

A era digital vem beneficiando a moda de diversas formas, tornando-a cada vez mais acessível ao público. Quais os pontos positivos e negativos de fazer moda em uma era em que quase tudo gira em torno da internet? Acredito que, por meio do fenômeno da globalização do mundo da moda, ocorram ainda mais rupturas - não só no acesso, mas também no consumo de conteúdo sobre esse mesmo tema. O maior e mais significativo dos inúmeros pontos positivos que poderia citar sobre essa “democratização” da moda é que, agora, a maioria das pessoas podem se tornar microinfluenciadoras. 

Thaís Gaspari Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Qual a sua opinião sobre a tão falada e praticada “cultura do cancelamento” na internet? Esse é um assunto polêmico e atual. Por um lado, considero que a cultura do cancelamento é errada, pois dita que todos estamos prontos e sabemos tudo sobre tudo, não considerando que somos todos seres em construção, que estamos aqui para aprender, errar e evoluir. Acho que cancelar uma pessoa não é a solução para a mudança de comportamento. Acredito que essa onda de “cancelamentos” deixa um ar de medo nas pessoas, principalmente as que trabalham com a internet. E, por muitas vezes, esse medo barra e interrompe possíveis diálogos que seriam importantes para a exposição de diferentes posicionamentos. Por outro lado, me pergunto sobre o cancelamento de algumas pessoas que defendem assuntos que abomino - aqueles com ideias e ações totalmente opostas e nocivas à sociedade. Existe um limite para a tolerância, nesses casos? Então, o cancelamento deve existir sim! Pois, dessa forma, entenderão que a internet não é terra sem lei. O que posta possui consequências no mundo real e você é responsável pelo que fala e faz na internet, assim como é fora dela.

Quais são os seus planos para o futuro? Meu foco agora é a graduação em Psicologia, que já se encaminha para o fim. Após, o plano é conseguir atrelar ainda mais minha profissão ao conteúdo de moda que apresento no meu perfil do Instagram (@tgspr). E, claro, seguir trabalhando e viajando muito, que são duas coisas que amo. 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros