Em ritmo social - Colunas do João Pulita - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

Sociedade27/07/2020 | 09h40Atualizada em 27/07/2020 | 10h49

Em ritmo social

Entusiastas do convívio em sociedade, Paulo e Paula Marchioro, dirigentesexecutivos do Recreio da Juventude, ensaiam um futuro de celebrações

Em ritmo social Juliano Vicenzi / Divulgação/Divulgação
Foto: Juliano Vicenzi / Divulgação / Divulgação

A vida em sociedade exige disposição e vontade de aprofundar laços de gentileza e amizade. Este tem sido um exercício contínuo na vida do casal Paulo Henrique Marchioro e Paula Pontalti Marchioro. Ele é presidente executivo do Recreio da Juventude e, ao lado da esposa, tem uma dedicação profunda pela entidade social e esportiva que representa.

“Nunca sonhava em ser o presidente executivo ou fazer parte da diretoria. O que me envolveu muito nisso foi o esporte e a dedicação do meu filho”, conta Marchioro, 53 anos, que também é administrador de empresas, referindo-se ao primogênito Pedro, estudante de Publicidade, 20 anos, ligado ao Departamento de Handebol do clube desde os 11.

Parceira no pensamento entusiasmado do marido, Paula, 41 anos, professora de História, conta que o período de quarentena tem sido um desafio para eles, que tiveram que adiar uma série de festividades como o aniversário de 108 anos da agremiação e estão na expectativa da realização do Baile de Debutantes sob o tema Debut Stars, agora, reagendado para o dia 5 de dezembro.

“Tem sido bem difícil acalmar os anseios Paulo por conta do fechamento do clube e o cancelamento de algumas atividades. Afinal, ali é um lugar de convivência, de conhecer gente e fazer muitas amizades”, diz ela, filha de Paulo Pontalti e Elisana Nazari Pontalti, que é praticante de tênis e habitué das piscinas da sede recreativa.

Os dois são explícitamente apaixonados pela vida social entorno do Recreio da Juventude.

“Somos um casal de clube. Ali existem muitas pessoas queridas envolvidas. Com 19 mil sócios, é o lugar mais bonito da cidade”, derrama-se Marchioro, descrevendo o que considera quase uma missão: “O objetivo principal é agradar ao máximo o maior número de pessoas, cuidar do bem estar do associado e da saúde dele.”

“Ele cuida mais do clube do que da casa”, entrega, divertida, a esposa, emendando que, no convívio do lar, Paulo é um exímio cozinheiro. 

Unindo diversão e lazer, a dupla conta que passa 90% do tempo livre no clube do coração. Ali, fortalecem a união de 17 anos.

“Paulo é muito otimista, persistente, detalhista. Ele pensa muito com o coração”, fala Paula, que lembra da importância do marido na vice-presidência de esportes nos quatro anos da gestão do ex-presidente executivo, Eduardo Menezes.

“A Paula é muito companheira, parceira ao extremo, compreensiva, uma pessoa de extrema fé”, descreve Marchioro, filho de Vilmar e Helena Marchioro, que também é um dedicado atleta de Padel, modalidade pela qual foi Campeão Sul Americano. 

Por esses dias, eles seguem na torcida e na contagem regressiva dos preparativos para a realização do clássico Baile de Debutantes.

“Nosso evento possui um glamour tradicional. Todos que participam da festividade, que evidencia a passagem dos 15 anos das filhas dos associados, se referem como uma noite inesquecível. É um momento mágico e maravilhoso na vida das famílias das meninas. A incerteza é a palavra que domina o momento. Mas fico animado ao ver a confiança dos envolvidos de que tudo vai dar certo”, diz o presidente executivo da instituição fundada em 1912 e que foi e é palco de importantes celebrações e que se confunde com parte da história de Caxias do Sul.

Vida social exige:

:: Carisma

:: Sinceridade

:: Amizade


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros