Sociedade por João Pulita - Colunas do João Pulita - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

SOCIAL18/06/2020 | 06h10Atualizada em 18/06/2020 | 06h10

Sociedade por João Pulita

Veja a coluna social desta quinta-feira!

Sociedade por João Pulita Ana Salvi / Divulgação/Divulgação
A arquiteta Leila Frare divide seus projetos atuando ao lado do marido, Pedro ¿Pepo¿ Garayalde Foto: Ana Salvi / Divulgação / Divulgação

Ingredientes

Pedro Garayalde, o Pepo, engatou sua vida profissional com muita expressão, sempre com ideias saídas do forno, desde 1990. Mesmo antes de apresentar o La Barra, ao lado do mano João Garayalde, ele já causava com suas receitas e pizzas rústicas. De volta à função desde 2019, imprime agora o conceito e sabores da Horno Pizza Rústica com uma pegada “la parrilla” aos moldes do Uruguai, com o apoio de sua esposa, a arquiteta Leila Frare.

Clique e confira outras edições da coluna social de João Pulita

Vinicius Corbellini e Elisa De Antoni Farias, em noite romântica e delícias à mesa Foto: Simone De Antoni Perini / Divulgação
Miguel Francisca e Emily Tonin da Costa na temporada de momentos à dois Foto: Simone De Antoni Perini / Divulgação

Sapatilhas

A professora de dança Simone Zanandrea Andreola será o centro das atenções de uma live, sábado, às 11h, sobre o tema Técnica de Giros. O projeto que a caxiense participa faz parte da edição não-presencial do Festival de Dança da Barra, no Rio de Janeiro. Instrutora de ballet na Escola Margô Brusa, Endança Jazz & Cia e da porto-alegrense Vera Bublitz, ela estará também, no dia 27, em cena durante uma masterclass com o bailarino Diego Cruz Braga.

Na Rede

O brilhante médico cirurgião do aparelho digestivo, Alexandre Cenatti promoverá, sábado, dia 20, às 19h, um bate-papo, em formato de live, sobre os impactos da pandemia da Covid-19. Apaixonado pela prática do tênis, Cenatti discorrerá sobre o tema com a participação do atleta caxiense radicado no Rio de Janeiro, Marcelo Demoliner, profissional na modalidade desde 2006 e que já conquistou três torneios a nível internacional. 

Fabricia Machado, sempre sintonizada com as tendências da moda, lança novidades Foto: Juliano Vicenzi / Divulgação
Diretora criativa da Dominator, Ritielle Dal Pizzol, apresenta peças autorais e atemporais em couro para a coleção Inverno 2020 Foto: Lucas Dal Pizzol / Divulgação

Olho Vivo

O médico oftalmologista Mauro Chies compartilha conteúdo e visão de mundo em uma live sobre a saúde dos olhos com a jornalista Jennifer Casagrande. A proposta irá ao ar, hoje, às 20h, pelo perfil no Instagram @dr.maurochies. Entre os assuntos ele abordará sua experiência no Monte Everest.

Agenda

Hoje, às 18h30min, o filósofo e escritor Gilmar Marcílio troca figurinhas pensantes com Bianca Dotti Sartori. Juntos, discorrerão sobre o tema Dentro de Você: autoconhecimento é acolher emoções. A live será transmitida pelo perfil no Instagram @lojabrancarosa.

.

Uma conexão entre a forma, a energia da natureza e o design!

Camila VieiraFoto: Hemilly Vieira / Divulgação

A bonita empresária e designer de joias e acessórios, Camila Vieira, natural de Bom Retiro, Santa Catarina, faz história de empreendedorismo e criatividade há muito em Caxias do Sul. Nossa entrevistada é graduada em Design de Moda com especialização em Design da Proporção e Cores. Filha de Gasparino Vieira Borges e Patrícia de Oliveira, esta sagitariana que tem a liberdade como alicerce para suas criações gosta muito da sintonia com o esotérico e ama seus seis irmãos. Conheça o que vai na mente e nas asas libertárias desta profissional!

Qual sua lembrança mais remota da infância e que sabor te remete essa época? Na casa minha avó Namir, esperando para saborear os bolinhos de chuva cheios de amor que ela sempre preparava para mim e meus primos.

Se pudesse voltar à vida na pele de outra pessoa, quem seria? Na da minha avó Namir, ela é meu maior exemplo pela sua sabedoria e resiliência. 

Qual a passagem mais importante da tua biografia? Todos os momentos que já vivi foram importantes para minha evolução pessoal e profissional. Mas considero o dia em que decidi que meu hobby, minha paixão por acessórios, se transformaria em uma marca foi um divisor de águas. Tudo por conta dessa conexão tão forte em eternizar momentos. 

Gostaria de ter sabido antes... que não se pode voltar no tempo e temos que aproveitar ao máximo cada minuto da nossa vida hoje. 

Como foi no início da sua carreira e quais as dificuldades que encontra nesse meio? Todo início de carreira requer uma vontade interior muito grande para não se desanimar, nem desistir. Portanto, precisa ser movida pela paixão, pelo prazer e pela satisfação no que nos propomos a fazer todos os dias, ininterruptamente. Determinação e foco são essenciais. Ainda hoje, existe o medo de errar ao fazer escolhas. Mas depois das decisões tomadas tudo fica mais fácil, desde que também saibamos recuar, corrigir e nunca deixar de avançar. 

Qual sua primeira produção como designer profissional? Na área dos acessórios foi em 2013, com a coleção Maracatu. 

Como se mantém atualizada na sua profissão? Busco através de pesquisas online, livros, revistas e cursos. É muito importante estar conectada com o que já fomos e o que buscamos ser. As informações são baseadas em moda, design, arte e comportamento de consumo.

Quais são as suas referências na área? O comportamento do ser humano é minha maior referência. 

Como se caracteriza o design que desenvolve? Existem elementos que definem a tua assinatura? Acredito que as características marcantes são a misturas de cores, a energia e singularidade das pedras naturais e o design com formatos geométricos e orgânicos.

Qual a importância do design na criação de joias que traduzam a personalidade de quem as veste? É conseguir compreender por meio do comportamento a essência de cada pessoa. É uma conexão  através do design, proporção, cores e formas que representem as características de quem usa.

Existe algum designer em especial cuja obra influencia teu trabalho? São muitos que admiro, mas o que me vem a mente neste instante é o italiano Giampiero Bodino, com suas peças únicas e misturas inusitadas de gemas. 

Um ícone do design de joias... o diamante.

Acha que a atual situação no mundo vai ajudar a ressignificar a noção de beleza? Cada vez mais buscamos autoconhecimento e esse momento trouxe muitas reflexões. Acredito que a beleza está na simplicidade e na essência de cada pessoa, se aceitar e se amar o torna único. A natureza nos mostra isso, que a beleza está nas imperfeições, como por exemplo as pedras naturais que insiro em minhas criações, cada uma tem uma particularidade, um formato, um propósito. 

Como se manter saudável em meio ao caos? Realmente esse é um desafio diário. Tentar manter corpo e mente sãos neste momento é estar cercado de tudo que traz equilíbrio e purifica a sua energia e bem estar. Eu gosto muito de ter por perto minhas pedras naturais, plantas, velas, incenso e música relaxante. Evito estar conectada com sentimentos negativos. 

Qual foi o último achado para sua casa? Foi um porta vela em drusa de Ametista. Acredito muito no poder energético dessa pedra. Um dos benefícios é a transmutação das energias e a conexão com a espiritualidade.

Qual obra de arte gostaria de ganhar ou comprar? Gostaria de ganhar a obra Monalisa, de Leonardo da Vinci. Essa obra me encanta por trazer os mistérios da beleza natural e feminina.

A melhor invenção da humanidade? Neste momento, a internet, por ser um canal que auxilia a amenizar a saudade da minha família.

Um hábito que não abre mão? Ligar para minha família, que é meu porto seguro. 

Quais músicas não saem da sua playlist? Sou super eclética, mas ultimamente estou ouvindo Jazz, mas a voz de Frank Sinatra nunca falta.

Reflexão de cabeceira? Mantras ajudam a desligar da agitação dos meus dias.

Livro de cabeceira: Propósito: A coragem de ser quem somos, de Sri Prem Baba.

Filme para assistir inúmeras vezes: Comer, rezar e amar, baseado no livro de Elizabeth Gilbert e dirigido por Ryan Murphy.

Uma qualidade: tenacidade.

Uma palavra chave: resiliência.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros