Sociedade por João Pulita - Colunas do João Pulita - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

SOCIAL12/06/2020 | 06h10Atualizada em 12/06/2020 | 06h10

Sociedade por João Pulita

Veja a coluna social desta sexta-feira!

Sociedade por João Pulita Arquivo Pessoal / Divulgação/Divulgação
Pâmela Bueno e Paulo Spanholi Júnior ilustram o Dia dos Namorados com beleza e romantismo em um circuito pela Região das Hortênsias Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação / Divulgação

Conexão

A partir deste sábado, ocorre a Campanha do Agasalho 2020, com direito a vários pontos de coleta por conta da parceria selada entre a Fundação Caxias, presidida por Paulo Poletto, com a Fundação de Assistência Social e a Defesa Civil. Utilizando pontos de coleta nos mercados Zaffari, Corpo de Bombeiros e SESC, a ação programa arrecadar peças em bom estado até o dia 25 de julho.

Clique e confira outras edições da coluna social de João Pulita

Em clima de amor, Larry Fernandes e Majorie Agnoletto, já estão às voltas com os preparativos da oficialização da união Foto: Juliano Vicenzi / Divulgação
A arquiteta Helena Marcon já colabora com a criação da identidade visual da festa da mana, Isadora Marcon, que colará grau em Medicina Veterinária Foto: Ana Salvi / Divulgação
Lindas e empreendedoras Rafaela Boschetti da Silveira e Beta Haefliger fazem mais agora também na direção criativa da grife Swan Intimates Foto: Melisa Boz / Divulgação

Alinhavos

As amigas Beta Haefliger e Rafaela Boschetti da Silveira tiraram do papel um sonho compartilhado. Elas, agora, são sócias da Swan Intimates, uma confecção de lingeries minimalistas e confortáveis que podem ser vestidas nas mais diversas ocasiões. Beta, por exemplo, empreende também na sua marca autoral e homônima de roupas e também na Feito Aqui, e-commerce que tem como missão valorizar a moda genuinamente brasileira. Rafaela também tem em seu currículo o comando da Clínica Be One de massoterapia com protocolos exclusivos de estética, na qual alcança um público feminino admirável. Juntas selam seus trabalhos com sororidade.

.

O amor não tem fronteiras!

Anderson José Pietrobelli e Vitaliya Andreevna LisimenkoFoto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Neste Dia dos Namorados a coluna ilustra o casal Anderson José Pietrobelli, 24 anos, filho de Sadi e Adriana Pietrobelli, caxiense do signo de Virgem e Vitaliya Andreevna Lisimenko, 29 anos, filha de Andrey Lisimenko (in memoriam) e Olga Lisimenko, nascida sob a égide de Câncer na cidade de Rostov do Don, Rússia. Apaixonados, criaram laços em meio a correria da vida de modelo em Guangzhou, na China durante um casting. Por lá, trocamos WeChat, que é o WhatsApp chinês, e começaram a sair juntos. Depois de três meses naquela cidade e encerrado o contrato com as agências de lá, oficializaram o namor e viajaram juntos por diversos países. Atualmente, residem no interior de Caxias do Sul e elencam o time de profissionais da CastOne Models. Conheça os laços que ligam o amor de Anderson e Vitaliya!

Quais suas lembranças mais remotas da infância e que sabor remete essa época? As brincadeiras de rua que não vemos mais nos dias atuais. E claro, o sabor da comida na casa dos nossos avós. 

O que vocês gostariam que todos soubessem: que as pessoas tratassem umas as outras com respeito e honestidade. Em especial, neste período crítico que estamos vivendo. 

Quem está na moda não se incomoda? Não é sempre assim. Ás vezes as pessoas desejam mostrar que estão na moda, então “se puxam”, porém nem sempre acreditam na tendência que vestem. É uma questão de aparências, em geral, não gostam o que estão vendo no espelho.    

Como começaram na carreira de modelos e por que decidiram seguir por esse caminho? Anderson: por meio de um olheiro que circulou por Caxias do Sul e me convidou pra participar de sua palestra. Comecei aos 18 anos indo até minha primeira agência em São Paulo, para testes e fotos. Passei dois anos cuidando do corpo e estudando inglês. Minha primeira viajem foi para a China aos 20 anos e decidi seguir em frente. Sempre tive em mente que não seria minha profissão por muito tempo e isso durou três anos, quando decidi retornar pra ajudar no negócio da família em Caxias do Sul, onde contínuo atuando pela agência CastOne Models. Vitaliya: iniciei minha carreira aos dez anos de idade, quando minha mãe encontrou uma escola de modelos na minha cidade e a diretora acreditou em mim. Assim comecei a participar de concursos de Mini Miss e em uma dessas ocasiões um scouter me chamou para o primeiro contrato que envolvia viajar até o Japão. Na época, eu tinha 14 anos, e assim ingressei a carreira de modelo que durou 15 anos viajando para vários países da Ásia e da Europa, com tudo isso ainda cursei duas faculdades. Atualmente, elenco o time da CastOne Models. 

Imagem é tudo? É importante, mas junto a ela é necessário ter personalidade e caráter. 

Para quais marcas ou designers já trabalharam? Heineken, Polo, Samsung, Malharia Anselmi, Todeschini, Lebes e Personalita. Além de marcas chinesas, indianas e outras internacionais também. 

Como interpretam que a beleza em si é um acontecimento? Acreditamos que a beleza é formada dentro de nós, com caráter que se reflete externamente. 

Quais conselhos dariam para quem quer ingressar nessa profissão? Não pensem que é tudo glamour, existem coisas boas e ruins. É preciso lidar com rejeição diária, pressões sobre aparência e a constante saudade de casa. Também não se deve entrar na profissão achando que ficará famoso no seu primeiro trabalho. Para tudo isso, é necessário foco, esforço e disciplina. 

O que é ter estilo? Sempre procurar seguir as tendências do que está na moda, mas sentir-se confortável com o que estiver vestindo. 

Quais são as peças que não saem de seus guarda-roupas? Looks na cor preta e todas as básicas brancas. 

Quais músicas não saem das suas playlists? Escutamos todos os estilos, mas o que não pode faltar é música eletrônica. 

Gostaríamos de ter sabido antes... qual caminho certo a seguir. 

Traços marcantes de suas personalidades? Nossa vontade de crescer pessoal e profissionalmente. Sempre apoiando um ao outro.  

A melhor invenção da humanidade? Tudo que faz a medicina crescer. 

Qual a palavra mais bonita da língua portuguesa? E do idioma russo? A confiança, em português e lubov (amor), em russo. 

Qual a passagem mais importante das suas biografias e que título teria? Nossas experiências viajando juntos: Sem Rotina. 

Como avaliam a indústria da moda após o Covid-19? Haverá alguma mudança na forma como os desfiles e campanhas ocorrem? Acreditamos que haverá, seguramente, uma mudança. Menos trabalhos presenciais e cada vez mais de forma online. 

Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? As gravações de comerciais geralmente são as mais legais e contam com uma produção mais elaborada.

Quais são suas influências, inspirações e artistas preferidos? Como isso reflete no seu dia a dia? Não temos um preferido, gostamos de acompanhar pessoas de sucesso com posicionamento forte e claro. Isso nos ajuda a crescer pessoal e profissionalmente.

Um hábito que não abrem mão quando estão juntos? Esperar um ao outro para fazer alguma refeição. 

Não vivemos sem: doces. 

O que os tira do sério: a irresponsabilidade. 

Uma qualidade de ambos: responsabilidade. 

E o defeito: teimosos. 

Uma expressão chave: mentalidade forte.



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros