Sociedade por João Pulita - Colunas do João Pulita - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

SOCIAL27/05/2020 | 06h10Atualizada em 27/05/2020 | 06h10

Sociedade por João Pulita

Veja a coluna social desta quarta-feira!

Sociedade por João Pulita Thaís Brochetto / Divulgação/Divulgação
As meninas do clã de Eduardo Borghetti, Isabella, Gisele e Verônica Brugalli Borghetti, compartilham alegrias, em casa, enquanto a família programa a formatura de Isabella em Comércio Internacional Foto: Thaís Brochetto / Divulgação / Divulgação

Bússola

Depois do sucesso que a jornalista radicada na Espanha, Thaís Baldasso, protagonizou, em live, com Gilmar Marcílio, dia 16, ela volta a brilhar na cena. Hoje, às 12h30min, ela dá início ao projeto O enfrentamento da pandemia pelo mundo, com o jornalista Evandro Fontana, diretamente da Itália. Já amanhã, no mesmo horário, será a vez de trocar figurinhas com Emílio Ferasso, radicado em Portugal. Na sexta-feira, Xênia Chemello conversará com Thaís em ponte com o Reino Unido e, no sábado, a voz será de Camila Borghetti, do Canadá.

Clique e confira outras edições da coluna social de João Pulita

Aniversariante do último sábado, Bianca Lima Sosso comemorou a passagem da data querida em famíliaFoto: Juliano Vicenzi / Divulgação
A jornalista Marisol Santos, movida pelo seu espírito solidário, será a mestre de cerimônia do evento beneficente que evidenciará o aniversário da Liga Feminina de Combate ao Câncer Foto: Jucimar Milese / Divulgação

Notável

Mesmo com as privações enfrentadas, a empresária e advogada Ágatha Tonietto tem bons motivos para celebrar. Em 2020, o escritório de advocacia que ela comanda completou dez anos de atuação em Caxias do Sul e no Estado, com ampla atuação nas mais variadas áreas do direito e ênfase ao suporte empresarial. A profissional também preside o Conselho da Empresária da CIC Caxias, entidade de estímulo a iniciativas empreendedoras. Assim, em meio a pandemia da Covid-19, Ágatha comemora as boas relações profissionais.

Dinâmica, a advogada Ágatha Tonietto celebra dez anos no comando de seu escritório homônimo Foto: Fábio Grison / Divulgação

.

Do pequeno paraíso para o mundo!

Felipe Toscan Foto: Empório Armani / Divulgação

O guapo Felipe Toscan, 28 anos, filho de Valter Toscan e Erivane Inês Bordin Toscan. Profissional de destaque no mercado da moda nacional e internacional, o rapaz que elenca o bonito time da Cast One, de Jaqueline Concer Martins e Sabrina Corradi Schulke, é natural de Nova Pádua, cidade carinhosamente conhecida como “Pequeno Paraíso” e trabalha como modelo há nove anos. Taurino determinado, ele já protagonizou ensaios pelos quatro pontos cardeais. Saiba quem é Felipe, na intimidade das entrelinhas desta entrevista!

Qual sua lembrança mais remota da infância e que sabor te remete essa época? São várias, mas a que mais me marcou foi ter decido o morro da minha casa andando de bicicleta sem utilizar as mãos e cair de barriga em uma cerca  de arrame farpado que estava à frente. Um belo sabor de adrenalina, que eu gosto e muito.

O que é ter estilo? Uma forma de expressar personalidade. 

Imagem é tudo? Acho que pelo menos 80% é baseado, sim, na imagem. 

Como começou na carreira de modelo e por que decidiu seguir por esse caminho? Na verdade, no começo eu nem pensava em ser modelo, tinha outros planos. Recebi uma mensagem do Edson Ferreira que é scouter, ainda na época do Orkut. Ele perguntou se eu nunca tinha pensando em ser modelo, pois tinha um perfil para o métier, que eu tinha potencial e grandes chances de ser um top model. Respondi a ele que não estava interessado, que tinha outros projetos, mas a insistência foi tamanha que um dia acabei aceitando sua proposta de ir visitar a agência em Caxias do Sul. Acabei ingressando na Cast One, minha primeira agência. Comecei a criar uma paixão pela profissão e aqui estou, firme e forte. 

Para quais marcas ou designers já desfilou ou fotografou? Giorgio Armani, Empório Armani, Dolce & Gabbana, Ellus, Alexandre Herchcovitch, TNG, Cavalera, João Pimenta, Coca-Cola Jeans. Fiz também as campanhas da TIM, Dudalina (linha BASE), Lojas Pompéia,  entre outros. 

Felipe Toscan Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Quais conselhos daria para quem quer ingressar nessa profissão? Dedicação para mim é a base de tudo, ter a cabeça no lugar, pois neste meio acontece muita coisa, e cuidar do seu corpo, que é a nossa ferramenta de trabalho.

Quem está na moda não se incomoda? Se incomoda sim, é mais difícil do que parece. Estar nesse meio sem se abalar em algum momento, é impossível. 

Quais são as peças que não saem do seu guarda-roupa? Calças jeans e moletom, camiseta preta, camisa, boné, casacos.

O que gostaria que todos soubessem: na vida, tudo que vem fácil vai fácil. Acredite! Lute pelos seus objetivos e um dia eles se realizarão.

O que te tira do sério: mentira, falsidade e ver o Grêmio perder uma partida.

Filme para assistir inúmeras vezes: Normalmente dou preferência a filmes inéditos, mas um dos que mais gosto é “Os Vingadores”, dos diretores Joe e Anthony Russo.

Quais músicas não saem da sua playlist? L’Amour Toujours, de Gigi D’ Agostino, The Sound of Silence,  de Simon & Garfunkel, e Velho Casarão, do Teixeirinha.

Felipe Toscan Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Se pudesse voltar à vida na pele de outra pessoa, quem seria? Do ator Dwayne “The Rock” Johnson.

Sempre acreditei que a beleza em si é um acontecimento. Como você interpreta? Concordo, porém, é muito relativo, pois não se trata apenas da aparência, mas também do que a pessoa é na essência.

Gostaria de ter sabido antes... quais seriam as pessoas falsas com quem conviveria, pois assim não teria dado a elas chance de participarem da minha vida. 

Qual a passagem mais importante da tua biografia e que título teria se fosse publicada? Com certeza sair de casa e tentar a vida de modelo em São Paulo. O título seria: Model Life.

Como avalia a indústria da moda após o Covid-19? Haverá alguma mudança? Acredito que o mercado terá uma decaída e um processo mais lento de eventuais trabalhos, por estarmos totalmente parados neste momento. Acredito também que tudo irá se estabilizar e voltar ao seu processo natural.

Quais os seus trabalhos ou projetos preferidos? Qual o motivo? Um deles sem dúvida foi trabalhar com Giorgio Armani e poder conversar e estar ao lado de um dos maiores estilistas do mundo. A outra foi protagonizar uma campanha nos Alpes da Suíça e viver uma sensação maravilhosa.

Quais são suas influências, inspirações e artistas preferidos? Como isso reflete no seu dia a dia? Admiro muito os modelos Marlon Teixeira e Francisco Lashowski, pelos grandes trabalhos realizados, e claro, pelas pessoas que são. Também reverencio a Gisele Bündchen.

Como enxerga a cena de moda contemporânea no Brasil? Acredito que a moda contemporânea tem passado por uma série de mudanças e enfrentando vários desafios. Pelo que vejo hoje, não só no Brasil como pelo mundo, cada um tem uma ideia particular sobre moda. 

Felipe Toscan Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Se tivesse vindo ao mundo com uma bula, o que conteria nela? Cuidado! Este produto não contém paciência. (risos)

Qual a ideia de um dia perfeito? Ver as coisas ocorrerem como planejei. 

Um hábito que não abre mão? Tomar uma cerveja bem gelada. 

Uma qualidade: generoso. 

Um defeito: teimoso. 

Não vivo sem: produzir.

Uma palavra chave: humildade.

Qual é a melhor estação na sua opinião? Inverno.

Reflexão de cabeceira? Agradecer.

A melhor invenção da humanidade? A Internet. 

Traço marcante de sua personalidade? Persistência.

Qual a palavra mais bonita da língua portuguesa? Amor.

Felipe Toscan Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros