Sociedade por João Pulita - Colunas do João Pulita - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

SOCIAL12/05/2020 | 06h10Atualizada em 12/05/2020 | 06h10

Sociedade por João Pulita

Veja a coluna social desta terça-feira!

Sociedade por João Pulita Rafael Sartor / Divulgação/Divulgação
No Dia das Mães, Angie Finkler com seu maior exemplo de vida, Antônia Finkler Foto: Rafael Sartor / Divulgação / Divulgação

Amizades

A presidente e a vice-presidente da Confraria do Champanhe da Serra Gaúcha, a empresária Neiva Borghetti Nora e a arquiteta Tatiana Biffi Rigoni realizarão amanhã, às 20h, o segundo encontro do grupo no ano, desta vez em formato virtual. A ideia das confreiras é celebrar a amizade e a passagem do Dia das Mães com o espumante “Amitié Nature”. Participam como convidadas as criadoras da festejada marca da bebida, a enóloga Juciane Casagrande Doro e a sommelier Andrea Gentilini Milan.

Clique e confira outras edições da coluna social de João Pulita

Carmen Scariot mimada pelas filhas, Carolina e Antonia Scariot, domingo, quando celebravam o Dia das MãesFoto: Luana Motterle / Divulgação

Olho Vivo

A especialista em moda e estilo e consultora de imagem, Cris Carvalho protagoniza a palestra no formato do tradicional evento Menu do Varejo, hoje, às 20h, no perfil do Instagram @sindilojascaxias. Em live, ela discorre sobre o tema “Imagem, afeto e conexões no Novo Varejo”. Cris é graduada em Moda e Estilo e especialista em Produtos e Negócios de Moda, pela Universidade de Caxias do Sul. Apaixonada pelo setor e por pessoas, é também coordenadora do curso de Gestão Estratégica em Imagem Pessoal da UCS e integra a Associação Internacional dos Consultores de Imagem.

Daiane Mattos Anselmi em seu primeiro Dia das Mães com a princesa da família, Iolanda Mattos AnselmiFoto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Calendário

Amanhã é dia de comemorar a passagem do aniversário da jornalista caxiene radicada em São Paulo, Samantha Hunoff. Já na sexta-feira, dia 15, as atenções devem girar ao redor de Kalil Sehbe Neto, Ana Paula Fedrizzi e Regina Bellini.

Gabriel Casara, campeão sul-americano de Badminton de Duplas, no Equador, é o orgulho da mãe, Roberta Resler Casara e celebraram juntos o Dia das Mães e, ontem, o aniversário dela Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

.

Movido pelo ingrediente da intensidade

Fredi FontanaFoto: Fábio Rosa / Divulgação

O chef de cozinha, empresário e professor florense, Fredi Fontana, 34 anos, filho de Helio Fontana e Miguelina Costa Fontana, se define como intenso. Essa é a maneira com que ele encara os dias, a cozinha, se exercita e convive. Aproveita o hoje, a toda a hora e todo o encontro. Tanto é que se debruçou com plena dedicação também nos estudos. Possui mestrado em Biotecnologia e graduação em Engenharia de Alimentos pela Universidade de Caxias do Sul, é pós graduado em Docência para o Ensino Superior pelo SENAC de São Paulo e é chef de cozinha com formação internacional pelo Instituto Italiano de Culinária para Estrangeiros. Conheça a receita de vida deste equilibrado libriano!

O que tem aroma de infância? O cheirinho da erva que a minha avó materna, Maria Eleonora Mattana Costa, utilizava para “varrer” o forno à lenha ao preparar o pão colonial. Me faz voltar as meus oito anos de idade.

Ao lado de quem gostaria de ter sentado na época da escola? Talvez do papa Francisco, acredito ser um homem justo!

Gostaria de ter sabido antes... de que tinha uma força interior enorme e com isso ter me defendido em algumas situações.

Teve algum marco importante ou momento decisivo que influenciou a trajetória? Sim, pode parecer bobo, mas quando realmente pude ser eu mesmo. A partir deste momento a vida teve outro significado.

Se tivesse vindo ao mundo com uma legenda ou bula, o que conteria nela? Seja você, livre, puro e simplesmente feliz.

Um hábito que não abre mão? Correr ao ar livre.

Filme para assistir inúmeras vezes: Uma Prova de Amor, do diretor Nick Cassavetes. Sempre me faz ver a vida real de uma forma melhor.

Quais músicas não saem da sua playlist? Dos artistas Norah Jones e Jack Johnson, estas afagam minha alma.

O que mudou na sua vida após o início do isolamento social? Tudo, no trabalho principalmente, o qual sofreu grandes alterações principalmente com o adiamento de eventos.

O Brasil na gastronomia é: Um adolescente a descobrir, porém com uma boa bagagem.

Qual sua receita autoral mais famosa? Rondelle de massa fresca com lascas de ameixa seca e peito de peru defumado.

O que te inspira? É a natureza, incluindo o ser humano, a grandiosidade criada por um força absurda, Deus.

Quem são os mestres na sua área? Quem cozinha com o coração e não por dinheiro, obrigação ou orgulho!

Cozinhar é uma ciência? Muito! Tudo é uma transformação química, física ou biológica.

Ingrediente favorito: Alecrim.

Um tempero de família? Sálvia.

Seu prato predileto: Massa fresca al pesto.

O que é antagônico no sabor? Muitos sabores, a bagunça de ingredientes.

A comida do futuro será: Simples.

Natureza ou cidade? Gosto de pisar na grama, mas com alguns dias no porcelanato. 

O que significa ser um chef estrelado? Na gastronomia temos o Guia Michelin que é publicado para premiar restaurantes e chefs. Na minha humilde opinião, ser estrelado, é sempre e a todo o momento, colocar sentimento no alimento que é preparado.

Você tem fome de quê? Sempre de algo picante.

Qual sua receita de sucesso? Atualmente as pizzas artesanais estão enlouquecendo as pessoas ao meu redor (e as que me seguem nas redes sociais também!)

Um talento que ninguém conhece: Cálculos matemáticos, por conta da minha formação de engenharia.

Uma mensagem aos leitores: Para cozinhar bem, primeiro pense na combinação dos ingredientes a serem utilizados. Não cometa o erro de usar tudo o que aparece na sua frente, na geladeira e na prateleira dos temperos, a chance disso dar certo, sem selecionar os sabores, é remota! (risos)


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros