Escritora radicada em Caxias do Sul leva troféu de Contos no Açorianos - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Literatura10/12/2013 | 17h56

Escritora radicada em Caxias do Sul leva troféu de Contos no Açorianos

Além de Natalia Borges Polesso, também a editora Belas-Letras foi premiada

Escritora radicada em Caxias do Sul leva troféu de Contos no Açorianos Roni Rigon/Agencia RBS
Prêmio veio por livro de estreia, 'Recortes para Álbum de Fotografia Sem Gente' Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Nesta terça-feira, a escritora Natalia Borges Polesso, nascida em Bento Gonçalves e radicada em Caxias do Sul, admitia: ainda não tinha caído a ficha. Aos 32 anos, tendo lançado seu primeiro e até agora único livro em junho passado, ela foi anunciada na noite de segunda-feira como uma das vencedoras do Prêmio Açorianos de Literatura 2013, recebendo o troféu na categoria Conto.

A surpresa da estreante foi ainda maior porque uma das concorrentes era a veterana Cíntia Moscovich, já vencedora de outros prêmios. Mesmo assim, a coletânea de contos Recortes para Álbum de Fotografia Sem Gente (Modelo de Nuvem, 130 páginas, R$ 18) foi a vencedora nessa categoria, para grande alegria de Natalia.

— Estou super, super feliz — diz a escritora, que no momento se dedica a uma narrativa longa, ainda sem título e sem data de publicação.

Quem também comemora é a editora caxiense Belas-Letras, que lançou este ano um pacote com os livros Terra Gaúcha e Artinha da Leitura, com originais de Simões Lopes Neto e organização de Luís Augusto Fischer. Esse trabalho, além de conquistar os troféus Especial e de Projeto Gráfico (para Celso Orlandin Júnior), dividiu o prêmio principal, de Livro do Ano, com o volume de crônicas A Menina Quebrada (Arquipélogo), de Eliane Brum.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros