Formas femininas conduzem obras de Marina Procházka na mostra "Farta" - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por411/02/2020 | 11h00Atualizada em 11/02/2020 | 11h00

Formas femininas conduzem obras de Marina Procházka na mostra "Farta"

Exposição abre nesta quinta-feira, em Caxias

Formas femininas conduzem obras de Marina Procházka na mostra "Farta" Arte de Marina Procházka/Divulgação
Obras podem ser visitadas no Reffugio Art e Café, Foto: Arte de Marina Procházka / Divulgação

A figura feminina habita a obra da artista visual Marina Procházka como objeto de reflexão, de estudo, de descoberta e de inspiração. Na exposição Farta, que ela abre nesta quinta-feira (13), no Reffugio Art e Café, as formas da mulher ganham novas significações. Os 16 trabalhos que compõem a mostra foram criados em 2019 e propõem ainda uma interpretação sensível de Marina a poesias escritas pela amiga de infância Paola Sartori. Metalinguagem que propõe a ressignificação do olhar imposto aos corpos e sentimentos das mulheres. O toque psicodélico dos traços de Marina também deixam clara uma mensagem de libertação.

Farta foi mostrada pela primeira vez em Porto Alegre. A abertura em Caxias será às 19h30min desta quinta. A visitação pode ser feita até o dia 23 de março, com entrada franca. 

Exposição Farta, de Marina Procházka, abre no  Reffugio Art e Café
Foto: Arte de Marina Procházka / Divulgação

Leia também
Na Cozinha: você vai amar essas minitorradas de forno
Conheça a nova identidade visual do festival Téti
Cambará do Sul recebe produção cinematográfica com globais
Ovelheza de 2020 vai representar comunidade Down de Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros