Estilista caxiense mostra coleção autoral na semana de moda de Londres - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por413/02/2020 | 14h49Atualizada em 13/02/2020 | 14h49

Estilista caxiense mostra coleção autoral na semana de moda de Londres

Desfile com criações de João Maraschin ocorre nesta quinta à noite

Estilista caxiense mostra coleção autoral na semana de moda de Londres Arquivo pessoal/Divulgação
Formado em Moda pela UCS, estilista vive em Londres há cinco anos Foto: Arquivo pessoal / Divulgação

Tem caxiense fazendo bonito numa das semanas de moda mais concorridas do mundo. João Maraschin, 28 anos, mostra a coleção Viajante Estrangeiro nesta quinta (13) à noite, levando sua marca autoral pela primeira vez às passarelas da London Fashion Week. Formado pela UCS, onde conquistou o prêmio Sultextil na Maratona de Moda de 2011, o profissional já trabalhou com Ronaldo Fraga e mora na Inglaterra há cinco anos.  

Leia mais
Estilista de Caxias fala sobre conceitos e projeta seu trabalho com Ronaldo Fraga 

— Londres é uma das principais cidades do mundo, em todos os contextos... Isso me remete muito a quando eu terminava meu bacharelado de Moda na UCS, nisso já se vão quase 10 anos, eu estudava todos os estilistas e todos os processos, a gente olhava para a Europa e para outros lugares para trazer isso para o Brasil. Enfim, era um mundo muito distante. Hoje, estar aqui, fazendo parte deste contexto, perto dos meu ídolos dentro da indústria moda e, de uma certa maneira, poder, timidamente, estar construindo essa voz como criador e comunicador de moda num contexto internacional é algo que tem um valor imenso para mim — anima-se o estilista. 

Uma das inspirações de Maraschin tem relação justamente com esse universo de experiências vividas na pele de um estrangeiro na Europa. Lugares onde morou e pessoas que conheceu, seja aqui pelas bandas da Serra ou lá no Velho Mundo, estão traduzidas nas peças que levam a assinatura do estilista. Desta forma, a história que Maraschin vai contar na passarela também levanta a bandeira do respeito entre as diferentes culturas.

— Londres é vista como celeiro de novos talentos, novas ideias. Isso se dá muito pelo fato de que é uma cidade com muita gente, de muitos lugares do mundo, aqui se fala muito em inclusividade, todo mundo precisa conviver e coexistir neste cenário todo. Isso reflete muito nas universidades por aqui e na própria plataforma de moda quando se fala em executar um produto — reflete o estilista.

Para conhecer mais sobre o trabalho de Maraschin, acesse o site www.joaomaraschin.com ou o perfil do Instagram @joaomaraschin.

Leia também
André Costantin: os pinheiros
"Para mim, isso aqui é a Disneylândia", diz Xuxa colhendo uvas em Bento Gonçalves
Rodrigo Hilbert esteve na Serra participando de sessão de fotos para grife masculina
Drinks com chá?, workshop em Caxias te ensina a fazer

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros