Saiba mais sobre os arranjos de orquestra criados por Gilberto Salvagni para a banda Leviaethan - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por405/12/2019 | 09h58Atualizada em 05/12/2019 | 09h58

Saiba mais sobre os arranjos de orquestra criados por Gilberto Salvagni para a banda Leviaethan

Metaleiros se apresentam com a Orquestra de Novo Hamburgo em Caxias

Saiba mais sobre os arranjos de orquestra criados por Gilberto Salvagni para a banda Leviaethan Cláudia Kunst/Divulgação
Salvagni ensaiou com o Leviaethan para mostrar concerto nesta sexta Foto: Cláudia Kunst / Divulgação

O compositor, músico e maestro Gilberto Salvagni é roqueiro na origem. Aliás, interessou-se por música clássica pela primeira vez ao escutar a Nona Sinfonia de Bethoven na versão da banda Rainbow. Pois bem, de lá para cá, ele seguiu apaixonado pelo virtuosismo do rock pesado e se tornou compositor para formações sinfônicas reconhecido internacionalmente. Essa proximidade com o universo do rock contribuiu para que Salvagni assinasse, em 2017, os arranjos de um concerto de orquestra composto por clássicos do metal, atração da primeira edição do Metal Sul Festival. Agora, ele repete a parceria com o festival envolvendo-se num repertório ainda mais especial. Salvagni conduziu os arranjos de canções da banda porto-alegrense Leviaethan, homenageada por seus 35 anos com um concerto da Orquestra de Novo Hamburgo. O espetáculo será atração do segundo Metal Sul Festival nesta sexta (6), às 21h, no Centro de Cultura Ordovás (veja mais sobre a programação abaixo).

Leia mais:
Banda Leviaethan comemora 35 anos de estrada com apresentação em Caxias
Festa solidária Natal do Metal vai ajudar menina de 10 anos que luta contra câncer

Cinco canções do Leviaethan estarão no setlist, executado pela banda com acompanhamento da orquestra. Salvagni estará por lá tocando sax e mostrando o resultado da trabalhosa pesquisa que o guiou na criação dos arranjos.

– Tive que descobrir uma harmonia própria para não enfraquecer a potência da agressividade da banda. Eu comecei a trabalhar e veio na minha cabeça a música erudita do século 1920, comecei a gostar do resultado. Então, teremos música erudita contemporânea com heavy metal, mistura que não tenho conhecimento de que já tenha acontecido. Pelo menos eu varri o YouTube e não encontrei nada, tive que trilhar meio sozinho esse caminho – contou Salvagni, animado com a apresentação.

Ao mergulhar na obra do Leviaethan, Salvagni ficou impressionado com o virtuosismo e agressividade da banda, características que ele quis manter nos arranjos. Pelo retorno dos músicos nos ensaios que antecederam o espetáculo, o objetivo foi alcançado.

– Os caras da banda me disseram “cara, tu é mais louco que nós” – orgulha-se Salvagni, aos risos.

:: Mais da programação

A segunda edição do Metal Sul Festival já teve parte da programação realizada em Bento Gonçalves. Em Caxias, os shows rolam nesta sexta (6) e sábado (7), no Centro de Cultura Ordovás. As atrações de sexta são OssoS (18h), Bloody Violence (19h), Sabbra Cadabra (20h) e Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo + Leviaethan (21h) – vale lembrar que esse último espetáculo terá participação do solista Sandro Seixas, do guitarrista Éverton Batistel e do baterista Thiago Caurio. Já no sábado, tocam Finita (17h), Torvo (18h), Postmortem (19h), Carcinosi (20h) e Panic (21h). 

A entrada é franca, mas sugere-se a doação de um brinquedo que integrará a campanha Natal do Metal

Leia também:
Vencedor da Palma de Ouro em Cannes e bem cotado ao Oscar, "Parasita" estreia em Caxias
André Costantin: tragédias estéticas
Saiba tudo sobre o show da Turma do Pagode em Caxias e a curiosa ligação da banda com o RS
Peça com estreia nesta quarta reflete questões sociais relacionadas à mulher


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros