Dandara Manoela é atração em Caxias no Dia da Consciência Negra - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por413/11/2019 | 09h00Atualizada em 13/11/2019 | 09h00

Dandara Manoela é atração em Caxias no Dia da Consciência Negra

Sesc também recebe a Bandinha Di Dá Dó

Dandara Manoela é atração em Caxias no Dia da Consciência Negra Divulgação/Divulgação
Compositora transita entre elementos do samba e da MPB Foto: Divulgação / Divulgação

O Dia da Consciência Negra vai contar com toda força de discurso da compositora e percussionista Dandara Manoela (paulista radicada em Santa Catarina). Batizada com nome que transborda a força da mulher afro, ela vem à Serra mostrar canções do disco Retrato Falado, gravado via financiamento coletivo e que aborda a urgência pela visibilidade das questões que circundam o universo da mulher, e mais especificamente, da mulher negra. Ritmos do samba e da MPB embalam poesias cheias de urgência, rimas carregadas de ativismo de uma artista plural e potente. Além do trabalho solo, Dandara é reconhecida ainda por sua atuação na banda de samba-reggae Cores de Aidê e na Orquestra Manancial da Alvorada.

Outra atração do dia 20 de novembro será a Bandidnha Di Dá Dó, na qual músicos/palhaços buscam irreverência e humor para passear pela música cigana, world music e rock’n’roll.

Os shows ocupam o Teatro do Sesc, às 20h. Os ingressos custam R$ 30 (geral) e R$ 15 (comerciários, empresários, classe artística, idosos e estudantes), à venda no SAC do Sesc.

Leia também:
Orquestra Greiosa traz seu Carnaval sem fim até Caxias  
Show do Natal Luz teve pedido de casamento em Gramado
Sesc Bento recebe trio de cantoras Crê Tinas
Exposição em Caxias do Sul reúne sapatos de diferentes épocas


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros