"A vida nada mais é do que os momentos ao lado de quem a gente ama", diz Lúcio Yanel, que será homenageado nesta quarta, em Farroupilha - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

Música24/09/2019 | 17h34Atualizada em 24/09/2019 | 17h40

"A vida nada mais é do que os momentos ao lado de quem a gente ama", diz Lúcio Yanel, que será homenageado nesta quarta, em Farroupilha

Artistas como Yangos, Dante Ramón Ledesma e Pirisca Grecco, entre outros, show em prol do violonista nesta quarta-feira, em Farroupilha

"A vida nada mais é do que os momentos ao lado de quem a gente ama", diz Lúcio Yanel, que será homenageado nesta quarta, em Farroupilha Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Lúcio Yanel revolucionou a música tocada no Rio Grande do Sul a partir do seu violão Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Referência absoluta no violão e grande expoente da música folclórica latino-americana, Dom Lúcio Yanel, 73, será homenageado nesta quarta-feira, em Farroupilha, num show com dezenas de participações especiais. Além de ser um tributo ao mestre, a ocasião tem o caráter solidário de ajudar a arrecadar fundos para ajudar o argentino radicado em Caxias do Sul, que há 11 anos trava uma batalha junto com a esposa, Sueli de Fátima, 63, vítima de Mal de Alzheimer.

Entre os nomes que subirão ao palco do Muinho Club, orquestrados pelo próprio homenageado, estão o quarteto caxiense Yangos, o cantor argentino Dante Ramón Ledesma, os cantores gaúchos Cristiano Quevedo e Pirisca Grecco, a cantora Tatiéli Bueno, o violonista Marcelo Caminha e os conjuntos Canteriando e Descendo a Serra. Um elenco de dar inveja a qualquer festival de música regional,  que atendeu ao chamado de um grupo intitulado Los Solidários, capitaneado pelos músicos serranos Rodrigo Ziliotto e Leandro Ávila.

– Quando a gente lançou a causa, imediatamente vieram algo em torno de 50 músicos se prontificando a participar. É um reconhecimento que mostra a importância que ele tem e o carinho que os artistas têm por ele. Trata-se de uma grande homenagem a um músico e uma pessoa muito inspiradora, tanto pelo seu talento quanto pela forma de encarar a vida – explica Ziliotto, baixista que acompanha diversos artistas em shows pelo Estado. 

Ao comentar a homenagem e o carinho recebido de tantas pessoas e de tantos lugares (eventos semelhantes estão sendo organizados em outras regiões do Estado e também em SC), Yanel diz ter recebido com enorme gratidão, mas não com estranhamento. É um fruto que colheu por ter sido, ao longo da vida, “pau para toda obra quando o assunto é ajudar a quem precisa”, como ele mesmo define. Por ser um artista, o músico não tem salário fixo. Pelo tempo dedicado à esposa, na última década teve de desacelerar a própria carreira. Trabalhar menos, nesse caso, significa receber menos. Mas deixar de dedicar seu tempo e atenção à companheira de jornada jamais foi uma opção.

– Não há profissional que possa oferecer o amor e o carinho que minha esposa precisa na fase final da vida dela. Quem poderia contar a ela todo dia uma história, cantar uma música, oferecer um mimo? A vida nada mais é do que os momentos que a gente pode passar ao lado de quem a gente ama e o amor que pode oferecer. Todo o resto é supérfluo. Meu agradecimento a todas as pessoas que se juntaram a mim nesse momento, para que eu possa seguir com a minha missão junto a minha companheira, não tem tamanho, nem palavra certa para expressar – emociona-se o violonista.

Rodrigo Ziliotto destaca que o evento tem sido conduzido como uma homenagem, e não uma ação solidária, para evitar interpretações equivocadas ou sensacionalistas, uma vez que, nas redes sociais, as pessoas se apropriam das informações e muitas vezes geram desinformação. Sobre Los Solidários, o músico explica que a iniciativa surgiu motivada por uma ação beneficente, há cerca de um mês, e deve seguir atuando em novas frentes, em prol de pessoas e entidades que precisem de ajuda.

Programe-se
O quê
: show em homenagem a Lucio Yanel, com Yangos, Pirisca Grecco, Dante Ramón Ledesma e outros
Quando: quarta-feira, às 20h
Onde: Muinho Club, em Farroupilha
Quanto: R$ 20

Leia também:
Jéssica De Carli, diretora do Instituto SAMbA, encontra filho de Ariano Suassuna na Paraíba
Dois espetáculos que provocam reflexões sobre o Brasil serão apresentados em Caxias do Sul
Conheça a coleção Equilíbrio, da grife florense Detalhe Básico
Escultor Ale Amorin fala sobre sua trajetória artística no Campus 8 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros