No Festival de Gramado, Mauricio de Sousa conta que é cria do cinema - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por421/08/2019 | 17h40Atualizada em 21/08/2019 | 17h40

No Festival de Gramado, Mauricio de Sousa conta que é cria do cinema

Cartunista recebe, nesta quarta, o Troféu Cidade de Gramado

No Festival de Gramado, Mauricio de Sousa conta que é cria do cinema Cleiton Thiele / Agência Pressphoto, Divulgação/Agência Pressphoto, Divulgação
Foto: Cleiton Thiele / Agência Pressphoto, Divulgação / Agência Pressphoto, Divulgação

A genialidade de Mauricio de Sousa, 83 anos, habita os cartoons há 60 anos. Mas a cabeça que criou as narrativas responsáveis por alfabetizar milhares de brasileiros leitores da Turma da Mônica também teve o cinema como uma base de formação artística. Quando criança, em Mogi das Cruzes, Mauricio, que participa da programação do Festival de Cinema de Gramado, ia no cinema de segunda a sexta-feira por incentivo do pai. Isso na década de 1940.

— Meu pai era cinéfilo, então eu assisti a história do cinema inteirinha. Me lembro de tudo, os artistas, os filmes, os sucessos, as ondas que havia. Foi uma beleza de época para eu entender um pouco o que acontecia no mundo do cinema, não só americano, mas veio a onda dos franceses, italianos. Então, sou uma cria do cinema desde criança — contou em papo com a reportagem.

O filme preferido do cartunista é Sempre no meu Coração, de 1942.

— Um dramão muito sensível com uma música maravilhosa — justifica.

Leia mais
Mauricio de Sousa está em Gramado acompanhado do elenco de "Turma da Mônica - Laços"
Atores do filme "Turma da Mônica - Laços" se divertem durante o Festival de Cinema de Gramado
Exibido no Festival de Cinema de Gramado, filme de Bruna Marquezine recebe críticas por ter tom "fetichista"
Em Gramado, Bruna Marquezine se joga nas sobremesas e Lázaro Ramos revela paixão por prato típico da Serra

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros