Filme de abertura do Festival de Cinema, "Bacurau" é ovacionado em Gramado - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por417/08/2019 | 09h28Atualizada em 17/08/2019 | 09h28

Filme de abertura do Festival de Cinema, "Bacurau" é ovacionado em Gramado

Público reagiu com palmas incessantes ao final do longa violento e visceral de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

Filme de abertura do Festival de Cinema, "Bacurau" é ovacionado em Gramado Edison Vara / divulgação/divulgação
"Bacurau" é ovacionado em Gramado Foto: Edison Vara / divulgação / divulgação

O público parecia não querer cessar as palmas após os créditos de Bacurau subirem na telona. Um Palácio dos Festivais lotado ovacionou o filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, escolhido para abrir a programação do 47° Festival de Cinema de Gramado fora de competição. Antes da sessão começar, a extensa equipe da produção subiu ao palco para discursar. Reforçando o caráter político de seus filmes, Kleber Mendonça fez questão de exaltar o papel fundamental dos artistas, que parecem representar um dos alvos no cenário político atual.

— Somos profissionais da área da cultura e exigimos respeito — sentenciou.

Leia mais
"Bacurau" abre o Festival de Cinema de Gramado nesta sexta-feira
Com dois curtas serranos, Festival de Cinema de Gramado anuncia filmes indicados para 47ª edição
Saiba quem já está confirmado no tapete vermelho do Festival de Cinema de Gramado

No tapete vermelho, Sonia Braga já havia adiantado:

— Esse filme explica o Brasil do futuro e tudo que a gente não quer, então, é praticamente um filme de alerta.

Bacurau se passa num pequeno povoado no nordeste sitiado por um grupo de assassinos americanos. A narrativa faz uma crítica ao mundo do livre acesso às armas e da hegemonia americana. Na telona, o Brasil resiste.

Neste sábado (17), o festival terá programação da mostra de curtas gaúchos, que disputam o Prêmio Assembleia Legislativa. A programação ocorre no Palácio dos Festivais a partir das 13h, com entrada franca. Logo mais à noite, a atração principal é a homenagem à cineasta Carla Camuratti. Ainda haverá sessões com os filmes que disputam kikitos: os curtas A Mulher que Sou (PR) e Marie (PE) e os longas A Son of a Man (Equador) e Raia 4, do gaúcho Emiliano Cunha.

Leia também
Concurso: seu bichinho pode fazer parte do calendário da Soama
Três dias de paz, amor e música: festival de Woodstock se iniciava há 50 anos

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros