Exibido no Festival de Cinema de Gramado, filme de Bruna Marquezine recebe críticas por ter tom "fetichista" - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por420/08/2019 | 18h49Atualizada em 20/08/2019 | 18h49

Exibido no Festival de Cinema de Gramado, filme de Bruna Marquezine recebe críticas por ter tom "fetichista"

Atriz vive a personagem Ophelia no longa "Vou Nadar até Você" 

Exibido no Festival de Cinema de Gramado, filme de Bruna Marquezine recebe críticas por ter tom "fetichista" Eduardo Martins/AgNews
Foto: Eduardo Martins / AgNews

Estrelando seu primeiro longa, Vou Nadar até Você, Bruna Marquezine falou sobre as cenas mais desafiadoras de sua personagem, Ophelia. No filme, que também é o primeiro dirigido pelo reconhecido fotógrafo Klaus Mitteldorf, a estrela vive uma jovem fotógrafa que decide partir numa jornada de autoconhecimento até o pai. Explorando uma linguagem bem artística, a narrativa traz algumas cenas de nudez de Bruna e envolve até um "pega" num baseado de maconha.

— Nada é gratuito, tudo faz parte de uma história, nossa única preocupação era contar essa história e fazer arte. (O set) Era um ambiente de muita parceria e liberdade — disse.

O filme recebeu algumas críticas na coletiva pelo tom "fetichista" com que o corpo de Bruna é retratado em cena. A atriz não se pronunciou sobre o assunto. Já o diretor se defendeu dizendo que o trabalho segue um conceito artístico que ele iniciou há anos, na fotografia, que explora a plasticidade dos corpos.

Leia mais
Em Gramado, Bruna Marquezine se joga nas sobremesas e Lázaro Ramos revela paixão por prato típico da Serra
Bruna Marquezine e Lázaro Ramos: confira fotos de quem já passou pelo Festival de Cinema
"Quando eu decidir ser ator, eu não fui muito incentivado", revela Lázaro Ramos em Gramado

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros