Grafite: veja o antes e depois de escadaria do bairro Belo Horizonte - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

3por425/06/2019 | 11h56Atualizada em 25/06/2019 | 11h56

Grafite: veja o antes e depois de escadaria do bairro Belo Horizonte

Grafiteiros Andrigo Martins (Santa Lata) Felipe Borges (ETI) assinam trabalho

Grafite: veja o antes e depois de escadaria do bairro Belo Horizonte Andrigo Martins/Divulgação
Arte interativa foi pintada sábado Foto: Andrigo Martins / Divulgação

Apesar da intolerância de algumas instâncias, Caxias segue abraçando o grafite como expressão autêntica e legítima das ruas. Andrigo Martins (Santa Lata) é conhecido por grafites que homenageiam personagens como a menina Naiara e o papeleiro Carlos Miguel. Na última sexta, ele e o amigo de infância Felipe Borges (ETI), também grafiteiro, tiveram a ideia de colorir uma escadaria e o muro que a delimita, no bairro Belo Horizonte. O trabalho foi realizado no sábado e o resultado ficou sensacional, como dá para ver no antes e depois aí em cima. 

Leia mais:
Papeleiro que teve corpo incendiado em Caxias do Sul inspira grafite
Homenagem para Naiara desaparece aos poucos em Caxias 
Artistas usam 60 litros de tinta e 250 latas de spray para pintar mural em Caxias

– Esta escadaria fica do lado da minha casa e fez parte da minha vida toda, da minha infância. Eu já registrei vários lugares com grafite e agora estou com uma ideia de começar a colorir a quebrada. Essa iniciativa foi muito espontânea, minha e do meu amigo. Pirei muito na questão da escada, queria fazer um painel interativo, onde a comunidade pudesse não só olhar os muros, mas interagir de alguma forma com o grafite – explica Andrigo.

A dupla de grafiteiros ficou o sábado todo trabalhando e contou com apoio amplo da comunidade, um baita incentivo para os artistas que investiram recursos próprios (cerca de R$ 500) nos painéis. 

– O vizinho, proprietário desse mural (ao lado da escadaria), tinha um compromisso no sábado. Ele se desfez desse compromisso e preparou um salchipão para gente, nos forneceu água. A comunidade também ficou o dia todo fotografando, teve uma mudança instantânea, muitos agradecimentos, a galera querendo fazer nas suas casas, dando outras ideias e pedindo iniciativa da prefeitura para que a gente possa desenvolver mais – conta Andrigo.

De fato, a mudança no cenário é visível e carrega o importante casamento entre arte e consciência social. 

:: Continuidade

A escadaria do Belo Horizonte foi a primeira iniciativa de um projeto que os grafiteiros Andrigo Martins (Santa Lata) e Felipe Borges (ETI) querem dar continuidade.  

– Quisemos dar um presente para a zona norte e pensamos em levar para outros lugares também. Fizemos um mapeamento de vários murais da zona norte onde a gente quer colocar essa arte de interação com o público. Estamos atrás de recursos – aponta Andrigo.

A dupla aceita doações de tintas sprays para seguir oferecendo tons de alegria e de interação para a zona norte. Para ajudar, entre em contato pelo fone (54) 9 9181-6323, com Andrigo. 

Leia também:
Agenda: Alexandre Pires traz o show "Baile do Nego Véio" a Caxias
Na Cozinha: gosta de abóbora? Que tal um bolo fofinho?
Exposição "O Olhar Nômade", de Marina Klink, abre para visitação em Caxias do Sul
Grupo Animato mostra a peça "A Família Addams" em Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros