Grafite inspirado em cordel e peças do Projeto Ararinha são atrações no Instituto SAMba, em Caxias - Colunas da 3por4 - Sete Dias: agenda cultural, shows, exposições e mais
 
 

Visite20/12/2018 | 16h30Atualizada em 20/12/2018 | 16h30

Grafite inspirado em cordel e peças do Projeto Ararinha são atrações no Instituto SAMba, em Caxias

Espaço está localizado na Rua Hércules Galló

Grafite inspirado em cordel e peças do Projeto Ararinha são atrações no Instituto SAMba, em Caxias Rafael Willms/Divulgação
Espaço recebe visitas de segunda a sexta Foto: Rafael Willms / Divulgação

A gente falou bastante sobre a vinda do artista pernambucano Derlon a Caxias, mas ainda não tínhamos mostrado por aqui o resultado do trabalho que ele veio realizar. Pois aí acima está a fachada lindona do Instituto SAMba com os personagens inspirados em cordel criados pelo grafiteiro – que tem trabalho reconhecido internacionalmente. Se você curte arte, tem o compromisso de passar por lá (na Rua Hércules Galló, 620) para conferir essa beleza de perto. A visita também reserva sessões de um vídeo que registrou todo o trabalho de Derlon em Caxias. Outro material audiovisual disponível por lá conversa artisticamente com o cordel de Derlon. Trata-se de uma entrevista que a coordenadora do Instituto SAMba, Jessica De Carli, realizou com o mestre da xilogravura e do cordel brasileiro J.Borges. O registro rolou em Bezerros, no interior de Pernambuco. Com Derlon ou J.Borges, o Instituto SAMba reforça a simplicidade e a força do artesanato brasileiro, uma bandeira importante. 

Leia mais:
Grafiteiro recifense Derlon é uma das atrações do Instituto SAMbA, novo espaço de Caxias
3por4: Conheça mais sobre o Instituto Samba, que abrirá as portas em Caxias em breve

Visitas podem ser agendadas pelo fone (54) 3025.1101. O SAMba funciona de segunda a sexta, das 9h às 17h.  r agendadas pelo fone (54) 3025.1101. O SAMba funciona de segunda a sexta, das 9h às 17h.  

Outra iniciativa muito bacana que pode ser conferida lá no Instituto SAMba é o Projeto Ararinha, engajado na preservação das ararinhas azuis no Brasil. A espécie que foi extinta do território nacional em 2000 – e virou até personagem de filme, na animação Rio – agora estampa criações como capas de blocos de notas, cerâmicas e bolsas eco como essa da foto abaixo. Fazendo coro ao projeto de reintrodução das ararinhas em seu habitat natural, a Bahia, o Instituto SAMba convidou artistas plásticos locais para celebrar esses animais que representam tão bem nosso país. Participam do projeto Tanara Mallmann, Mara De Carli, Rafael Dambros e Vivi Pasqual (que assina a ilustração da ecobag na foto abaixo). Legal é que toda renda arrecadada com a venda dos produtos é revertida para atividades de conscientização ambiental, em parceria com ONGs ligadas à causa. Todas as peças estão disponíveis para venda no bazar do Instituto SAMba. Que boa pedida para o Natal, hein?

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 14/12/2018Ecobags do Projeto Ararinha, causa em preservação das ararinhas azuis no Instituto Samba. Desenho que ilustra a peça é assinado pela artista Vivi Pasqual. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Leia também:
Quinteto gaúcho traz a Caxias concerto com músicas de "Amélie Poulain"
Alouca Café propõe papo com artista Marina Procházka nesta quinta 
Agenda: Neusa Maria Roveda lança o livro "Tecendo Memórias", na quinta
Artista farroupilhense mantém loja de porcelanas em Garopaba

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros